Cannabis MEDICINAL para a melhora do sono, Dra. Ailane Araujo esclarece as dúvidas

Como se dá o tratamento com a cannabis medicinal para o sono?


É necessário o paciente passar em consulta médica , onde o médico irá fazer uma receita, com a receita em mãos o paciente poderá comprar o produto na farmácia ou solicitar a importação dependendo da especificação do produto, sendo indicado assim a importação.

O paciente fará um cadastro no site do governo federal para solicitar a autorização e a importação do produto, e dentro de aproximadamente 14 dias sai a autorização, o paciente efetua a compra do produto pelo site da empresa que realiza a importação, logo então ele inicia a terapia .

No Brasil os produtos autorizados são em forma de cápsulas, óleos e balm.

Hoje existem vários produtos a base de cannabis, o que diferencia é a sua composição, alguns com mais CBD ( canabidiol) , outros THC ( Tetra-hidrocanabinol) ou produtos isolados, a indicação do produto depende da necessidade do paciente, pois a insônia é vista como um sintoma de uma doença e não a principal patologia. Vários transtornos podem envolver a insônia como, o estresse traumático, ansiedade, depressão, dor crônica, maus hábitos, mudança de ambiente, horário de trabalho, viagens etc…. O médico através da história clínica do paciente conseguirá avaliar o melhor produto para ele.


Dra Ailane Araujo

Como ela age no organismo?


A Cannabis é uma planta com mais de 500 compostos químicos dentre eles mais de 100 canabinóides identificados, flavonóides, alcalóides, ácidos graxos, terpenos, entre outros.

Sabe-se que os fitocanabinoides THC, CBD entre outros presentes na cannabis, atuam em receptores do sistema endocanabinoide que foi descoberto recentemente, cerca de 40 anos atrás, através do estudo da planta cannabis.

Ele é o maior sistema já descoberto até hoje, possui um conjunto de sinalizadores e receptores, desempenhando um papel importante em diversas reações bioquímicas do corpo humano. Responsável por promover a homeostase, ou seja, o equilíbrio do corpo. Esse sistema é constituído pelos receptores canabinóides, por endocanabinóides, que mimetizam os fitocanabinóides, e as proteínas envolvidas na sua síntese e degradação.

Está envolvido em vários processos fisiológicos, como a modulação de todos os eixos endócrinos, a modulação da dor, regulação da atividade motora, o controle de processos cognitivos, a modulação da resposta inflamatória e imunológica, a ação anti-proliferativa em células tumorais, controle do sistema cardiovascular, entre outros. Podemos dizer que ele é o precursor de todos os outros sistemas e o maestro do corpo.

O sistema endocanabinóide desempenha também um papel extremamente importante na modulação dos processos fisiológicos, como apetite, dor, inflamação, resposta a estresse, motivação/recompensa, humor, memória, favorecendo também a modulação dos neurotransmissores (serotonina, dopamina, endorfina, entre outros) e obviamente a qualidade do sono.

A cannabis medicinal ajuda no tratamento de diversas patologias, não só nas patologias como para o reequilíbrio do corpo em geral. Vários estudos já provaram que os Fitocanabinóides (compostos presentes na planta cannabis, que se ligam a receptores do SEC) são seguros e não causam mal. A Cannabis medicinal não age nos sintomas, mas sim na causa, somente tratando a causa podemos promover e restabelecer o equilíbrio do corpo.

Os fitocanabinoides tem Propriedades analgésicas, anti inflamatórias, antioxidantes, ansiolíticas, antidepressivas, anticonvulsivas, estimulante ósseo,neuroprotetora, imunomodulatório, modulador do apetite, relaxante muscular, sedativo, anti-náusea e vômitos (principalmente aqueles induzidos pela quimioterapia) e têm efeito positivo no humor.


Qual a importância do sono para uma vida saudável?


Durante o sono as células são renovadas e os radicais livres são neutralizados, e a imunidade é reforçada.

A insônia desequilibra tanto o nosso físico como o emocional.

Durante o sono e que o organismo renova as energias, para mais uma jornada,

hormônios são produzidos, os ossos e músculos se regeneram, a funções cognitivas melhoram, ocorre a consolidação da memória e a correta recuperação celular. Ou seja, uma noite mal dormida vai interferir diretamente no humor, na criatividade, atenção, memória. Chegar ao sono profundo é essencial para a manutenção da qualidade de vida

Ao contrário do que dizem, nem todo mundo precisa de 8h de sono para renovar as energias. Alguns dormem de 5 a 6 e outros 10 a 12h , depende do metabolismo de cada pessoa, o ideal é você entender o seu metabolismo e respeitar suas necessidades diárias para que tenha qualidade de vida.




Conheça mais sobre o trabalho acessando o instagram

@dra.ailanearaujo

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
KatGrahamSite.png