Lucas Montty - Hooks Magazine


Foto : @ricardokonka

A Dança é a arte de mexer o corpo, através de uma cadência de movimentos e ritmos, criando uma harmonia própria. A arte de dançar é única para cada corpo, e a pessoa destaque hoje é mais do que única, luta diariamente pelos seus sonhos com seu dom e esforço para dança. Já foi destaque em revistas mundiais como Vogue e Elle e hoje você pode conhecer um pouco mais da sua vida aqui, Lucas contou para nós como começou sua carreira, e um pouco da sua vida pessoal, que você pode acompanhar agora.



Foto : @eufernandotoquartto

Bom , me chamo Lucas Montty , moro na periferia de Salvador/Ba , sou uma pessoa não binária e preta. Minha trajetória começou aos 14 anos , na verdade eu nunca imaginava trabalhar com arte , lembro que nos meus 10 anos de idade eu era apaixonade por coisas femininas , beleza, entre outros. Eu era encantade em unhas , fiquei com muita vontade de aprender a fazer unhas, ai eu aprendi, comecei fazer minhas colegas de cobaias , e daí as pessoas começaram a se interessar por meu mini trabalho, ai lembro que meu primeiro dinheiro, foi trabalhando como manicure, dai eu comecei a desfrutar essas questões de estética e tal, logo após eu comecei a aprender a fazer tranças afros , via minha prima fazendo, e queria aprender a fazer também, e por ai continuei, tempo passou, entrei na escola estadual bolívar Santana, que ai conheci várias pessoas especiais, mas arte ainda não estava em mim, daí antes de estudar na escola estadual, eu era da municipal, e eu lembro que tinha aulas de dança, mas só que minha mãe não deixava, ai teve um momento que menti pra ela dizendo que ia fazer uma aula de flauta, mas era mentira kkkk, eu ia mesmo ver a Dança. Na escola estadual eu conheci algumas pessoas que gostavam de dançar também, e lembro que minha grande referência em movimentos de dança era bonde das maravilhas, que era um estouro na época. Tinha uma amiga que era Pamela (@pamgomes_64) que também tinha esse encanto por dança, dai a gente começou a ver as possibilidades que tinha na escola e tal, então a gente se apresentou na escola, e tinha um projeto de dança pela manhã, como eu estudava de tarde não dava para fazer, dai eu fiz uma apresentação com minhas amigas no turno da tarde, ai o professor que se chama Michel @omichelcruz , falou para nós irmos pra aula dele que acontecia na antiga escola que estudava, e eu fui com Pamela, pronto, depois disso comecei a ir, a gosta muito, então eu e Pamela fomos convidades pra participar de uma competição de dança em 2015, nós fomos e ganhamos, daí surgiu o grupo star dance , que era eu e ela , ganhamos alguns troféus e foi incrível esses momentos, ai eu comecei a desfrutar mais amor com a dança, o tempo passou, Pamela parou de dançar por motivos pessoais, e eu continuei com esse encanto , ai vim fazendo aula com o Michel, e gostando muito mais.




No ano de 2017, eu e outras gatas recebemos um convite do coletivo @afrobaphooficial pra participar de um vídeo, só sei que depois desse vídeo a fama aconteceu, dai entrei no coletivo, e vivi momentos incríveis, onde eu descobri quem eu era de verdade, fui ganhando visibilidade através do coletivo, conheci pessoas grandiosas, uma delas foi @elivan.nasci, que me ajudou muito no meu processo profissional em dança, dai comecei a me profissionalizar, comecei a dançar com artistas conhecidos, como @pabllovittar entre outres.

Foto : @mariotestino

E daí veio outros caminhos, e um deles foi a moda , comecei a ser fotografade por alguns fotográfos, e dai foi crescendo e crescendo nesse quesito moda , lembro que participei de um concurso de moda chamado beleza black, e daí fui amando mais esse lado da moda , o tempo foi passando, ganhei coisas memoráveis, como sair no site da vogue Itália, também na revista impresa ELLE Brasil, sai na revista impressa Claudia, fui fotográfo por @bobwolfenson, @mariotestino, @eufernandotorquatto, @ricardokonca, @edgarazevedo e desfilei no maior de desfile daqui de Salvador/BA que foi o AfroFashionDay. Dai tento junta a dança com a moda , comecei a estudar a cultura ballroom, em 2019 fiz uma vaquinha pra viajar pra estudar mais sobre a cultura, sendo a primeira de Salvador/BA a sair pra estudar com professores nacionais e internacionais, daí percebi que minha vida já estava na arte, mas não viverei só de arte, penso em me profissionalizar em outras coisas, e também já sai no perfil oficial do @instagram, levando representatividade e dança. Acho que isso é um pouco sobre mim, ainda terão muitas coisas por vir !


Acompanhe Lucas pelo Instagram.




#hooksmagazine #hooks #magazine #fashion #lucasmontty #model #dance