Open site navigation

Kelly Key and Family

Kelly Key and Family

Das dificuldades e oportunidades da vida, Mari Maria mostra sua força como mulher, mãe e empresária

“Tentei várias vezes mandar currículo para os salões, porém ninguém queria me contratar”


Créditos Foto: Lucas Mennezes

Design Gráfico: Matheus Hooks


Confira agora matéria feita pela Hooks Magazine (@hooks.magazine)


Que a vida tem seus desafios, todos concordam. Porém, poucos têm a sabedoria de transformar momentos difíceis em oportunidades reais. Mari Maria é uma dessas mulheres que nos fazem refletir, pois para alcançar o sucesso, basta dar o primeiro passo.


Em poucos minutos ao lado da CEO da marca Mari Maria Makeup, percebemos que a beleza e elegância são apenas algumas das inúmeras qualidades que Mari carrega em sua trajetória de sucesso.

Aliás, suas “sardinhas” foram um dos incentivos para que buscasse nos cosméticos, maneiras de enfatizar a beleza e, também, de se resguardar do bullying que sofria durante a infância.


Mari lembra que usava as maquiagens da mãe para tentar esconder o que viria a ser seu diferencial no futuro. Sem pretensão, ela começou a compartilhar suas ideias na Internet e, atualmente, já conta com mais de 50 milhões de seguidores em suas redes sociais.


Casada com o empresário Rudy Loures e mamãe dos pequenos Noah e Davi, Mari Maria concedeu uma entrevista exclusiva para a Hooks Magazine, e contou como se tornou essa força mundial no mercado da beleza, um exemplo de mulher, mãe e empresária, atingindo pela lista da plataforma britânica Cosmetify, o top 10 dos influenciadores mais bem pagos de 2022 no mundo. Leia na íntegra:


Talita Akemy (Hooks Magazine): Já te conhecemos através das redes sociais e sabemos da sua história. Mas agora queremos saber qual foi o seu start, aquilo que te fez você começar a se interessar pela maquiagem?


Mari Maria: Desde muito nova sempre gostei de maquiagem, mas chegou um momento que eu queria trabalhar nesse universo, só que não via como. Tentei várias vezes mandar currículo para os salões, porém ninguém queria me contratar. Comecei a maquiar minhas amigas e depois a me maquiar para pegar mais experiência, afinal, a gente que gosta de maquiagem tem que pegar experiência em alguém né? E todos os dias eu me maquiava e tirava fotos. Até que um dia meu marido falou assim: “porque que você não grava e eu edito para você”. E foi a primeira vez que eu gravei. Ele editou e no começo ficou muito simples, mas estávamos felizes. Soltamos os primeiros vídeos, que foram mais difíceis, e depois fomos pegando o jeitinho.


Talita Akemy (Hooks Magazine): E você imaginava chegar onde chegou? Qual sonho ainda quer realizar?


Mari Maria: A gente nunca imagina. Como é algo muito novo, acho que cada conquista que a gente tem é muito grandiosa. Quando tive 100 pessoas me visualizando, eu fiquei muito feliz. O lançamento da Mari Maria Makeup foi um marco para mim. Então a cada conquista a gente pensa: “cheguei até aqui, quero ver mais, será que eu consigo?”. E ficamos lutando para conseguir quebrar as barreiras que é o mais difícil da nossa área, pois temos que abrir a cabeça das pessoas, já que o influenciador, apesar de fazer parte da vida de muitas pessoas há bastante tempo, às vezes não é reconhecido e não recebe a atenção necessária.


Talita Akemy (Hooks Magazine): E falando um pouco da sua marca, como é o seu processo criativo? O que você pensa quando vai lançar um produto?


Mari Maria: Eu testo muitos produtos de marcas que acabam me contratando no exterior, e que querem meu feedback. Então, acabo ficando por dentro das novidades lá fora e vejo que dá muito match, pois hoje o mundo está globalizado. As pessoas estão procurando satisfazer as mesmas vontades e desafios em relação a maquiagem. Assim, começamos a ver novas formulações e ideias, juntamos com o que há de novo no Brasil, testamos e vamos descobrindo muitas possibilidades. O processo criativo começa quando vou testando outros produtos de marcas que estão querendo inovar no mercado, esse é o foco do meu processo criativo. Vamos para a fábrica e começamos a abrir as formulações que queremos, mesclando os produtos. Isso sempre dá muito certo.


Talita Akemy (Hooks Magazine): Você tem algum conselho para quem está começando nas redes sociais?


Mari Maria: Meu conselho é começar, pois se você colocar muito empecilho do tipo: “preciso da câmera perfeita e ter todas as maquiagens”, talvez não conseguirá. Se você sabe fazer um delineado legal, filma com o seu celular. Todos têm o seu diferencial e beleza, cada um é único e tem muito espaço. Sou super defensora dessa democratização. Eu amo ver as pessoas se maquiando e aprendo muito, até porque é uma troca, né? Por exemplo, se eu fizer em mim, um delineado que vi alguém fazendo, será que fica bom? E se eu puxar um pouco mais? Então, dessa forma sempre existe uma troca. Acho que a rede social está muito mais inclusiva, então se eu for dar um conselho, é que todos possam começar, tem espaço para todo mundo.


Créditos: Lucas Mennezes

E claro que como capa da Hooks Magazine, não poderíamos deixar de convidar Mari Maria para um super desafio. Dessa vez, ela entrou na brincadeira e mostrou que está por dentro das diversas tendências de moda e make. Veja tudo clicando aqui e aqui






ALL RIGHTS RESERVED

© 2022 by HOOKS MAGAZINE INTERNATIONAL LTDA.  Revista Hooks