• Chris Preta Oliveira

JANINE MATHIAS: Em sua melhor fase.



Janine Mathias Brasiliense radicada em Curitiba é Cantora e Compositora, nossa Rainha está vivendo a melhor fase de sua vida "Ser Mãe", e acaba de lançar "Inês Rainha" uma homenagem á todas as mulheres que reinam nesse tempo.


Foto: Adrieli Cancelier


O Single " Inês Rainha" acaba de ser lançado, um hino de empoderamento. Como foi lançar na pandemia? Já estava em seus projetos?


Lançar "Inês Rainha" não estava em nosso script, ela foi escrita pelos compositores Denis Mariano e Otávio Camargo.

Denis pediu de presente de aniversário que a gente gravasse e a música, ficou tão potente tão maravilhosa que no dia da gravação, ele pediu com o diretor músical que eu fizesse uma rima e enfim, ganhou uma proporção enorme em 20 dias de lançamento, 3000 ouvintes, sendo algo muito significativo para gente. Foi um presente em meio a pandemia em meio a tantas coisas impossibilitadas á nós, conseguimos jogar uma música extremamente forte para fortalecer o mundo".


Tivemos que nós reinventar buscar alternativas, isso lhe rendeu boas ideias? Qual foi a sensação de realizar um "show" sem ver a multidão?


"De início eu chorava muito quando acabava a live, eu nunca vou esquecer a primeira live show que aquilo me deu um vazio literalmente depois, enquanto estava o público ali online nós interagiamos, quando acabou eu olhei para aquela realidade - cadê as pessoas? Aquele abraço? E não estava mais ali aquelas pessoas, aquilo mexeu muito comigo, ainda fico um pouco emocionada.


Quando tem bate papo/ "show" procuro colocar toda minha energia, entendendo que as pessoas estão recebendo. Essa alternativa realmente mexeu comigo eu sempre fui muito tímida na internet, é um aprendizado gostoso e me ensinou á receber, não que o "show" não fosse esse lugar, mas o momento torna tudo muito especial."


Como está se adaptando com o fato de ser mãe, está conseguindo finalmente descansar?


"Ser mãe é uma energia muito sagrada, as pessoas falam descansa, dorme, mas eu estou com uma energia tão lá em cima. Estou entrando no nono mês de gestação e estou querendo fazer tudo, lógico avisando as pessoas que á partir do dia 20 de Abril a Lua muda e estou me retirando para me dedicar mais a esse lugar de dar à luz, mais eu confesso que se não fosse a pandemia e eu estivesse gestante eu teria gravado 2, 3 discos de tão apaixonada pela vida, de uma energia tão sagrada que está vindo, eu posso dizer que estou renovada."


Foto: Adrieli Cancelier


Você vem de uma família de músicos, seu pai sambista, irmão produtor musical. Isso te inspira, influencia de alguma forma em suas composições?


"Minha família realmente me inspira, e meu irmão produtor musical de bastante relevância no RAP o Afroragga , e com certeza tudo que eu sou é fruto dessa trajetória, eu digo isso sempre, que a minha música é uma missão ancestral é por causa dessa raiz que eu canto e eu sou tudo que eu sou, do Samba ao RAP, essa versatilidade tem esse lugar familiar, minha mãe uma mulher que sempre ouviu muita música - Gal Costa, Donna Summer, Whitney Houston, Miles Davis essas canções tão bonitas."

A música " Bom Dia" teve uma boa repercussão, achei genial a ideia do clipe! Para muitos ouvir é uma fuga da nossa realidade. Deixe sua mensagem de esperança para Bons-dias.


" A música "Bom dia" está sendo uma coisa muito importante, ela reflete, na verdade, o que nós desejamos agora e a maior mensagem é: " a liberdade é um bem que eu quero dividir", esse bom dia para o mundo lá fora fala do que está em nós, porque se você não está bem dentro, por fora você não irá ficar também, é quase um mantra é uma oração de dentro para fora que tem tudo á ver com esse tempo onde precisamos estar bem conosco pra proteger lá fora.


Foto: Adrieli Cancelier


Colunista: Chris Preta

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
KatGrahamSite.png