Tieta do Agreste ganha nova versão por fotógrafo em editorial




O grande clássico nacional “Tieta do Agreste”, romance de Jorge Amado, ganhou uma nova versão. Além do livro, do filme, da novela e da música, Tieta é tema agora de um editorial de moda, fotografado e dirigido por Oaj, fotógrafo do interior de São Paulo.

O projeto independente “Tieta – Nada novo sob o sol” reconta a história da musa brasileira em seis partes, com foco em sua luta social que abrange temas como a liberdade sexual feminina, degradação do meio ambiente, corrupção e tantos outros tabus que a trama aborda. Segundo Oaj, a vontade de recontar a história veio após perceber que mesmo após quase 50 anos da publicação do livro de Jorge Amado, as questões discutidas na obra ainda continuam atuais.


“Quando revi o filme “Tieta do Agreste”, dirigido pelo Cacá Diegues há pouco tempo, senti que precisava falar sobre a personagem e sua importância dentro da arte politizada. Para mim, Tieta é a excelência da arte como instrumento de consciência política para as massas, e é exatamente esse o ponto que eu busco no meu trabalho.”