Open site navigation

Kelly Key and Family

Kelly Key and Family

AMARO reforça compromisso com o meio-ambiente e lança nova coleção de jeans com matérias-primas mais

sustentáveis e 60% menos água

Foto divulgação


A marca aposta em uma nova coleção sustentável para compor uma série de ações para reduzir o impacto no meio ambiente


A AMARO, RetailTech pioneira na junção de tecnologia e criatividade no Brasil e primeira empresa de consumo brasileira 100% carbono negativo, lançou no dia 22 de agosto uma coleção cápsula especial all jeans feita com matérias-primas mais sustentáveis e redução de água em sua produção. A nova coleção de eco jeans é uma alternativa de menor impacto na escolha de matérias-primas, na produção e na etapa de lavanderia.   

A novidade faz parte do compromisso da empresa em reduzir, constantemente, sua emissão de carbono, olhando para toda a sua cadeia produtiva e trazer menos impacto na escolha de matérias-primas. Além disso, a nova coleção foi desenvolvida para celebrar a produção brasileira de todos os jeans que já existem no portfólio da AMARO, e na ambição de confeccionar peças que utilizassem técnicas de produção que minimizassem significativamente o uso de água durante seu processo de acabamento: o resultado foi 60% menos água.

 


Foto divulgação


Disponível em todas as lojas físicas e e-commerce da marca, a coleção é confeccionada a partir de tecidos 100% algodão BCI, algodão orgânico e fibra de cânhamo, além de tecido com 35% de resíduos têxteis, tecido misto com 75% da composição em algodão e fibra de Liocel. A linha despertou na sua cadeia de produção e lavanderia um movimento positivo de mudança para reduzir o uso de água e produtos químicos, como reutilização de água, captação da água de chuva, energia limpa e renovável, isenção do uso de produtos químicos nocivos, nebulização, e desengomagem por ozônio - que é 0% água e desgaste a laser.

 

"Sustentabilidade é um pilar estratégico para gente e é importante para nossa consumidora que aponta, em pesquisas, que atributo sustentável já é fator fundamental para ela consumir. Cerca de 84% delas consideram a AMARO uma marca sustentável e, para nós, isso é um reconhecimento de todos os esforços e investimentos que fazemos em reduzir nosso impacto ambiental. Agora, além de uma empresa 100% carbono negativo, nossos jeans são 100% produzidos por fornecedores brasileiros e com iniciativas sustentáveis”, explica Claudia Paoli, Head de Sourcing e Presidente do Comitê de Sustentabilidade da AMARO. Até 2026, metade de todas as coleções da marca serão produzidas com atributos mais sustentáveis.“O que nós esperamos para o futuro é ir lançando cada vez mais coleções pensadas na redução de impacto no meio ambiente” complementa Claudia.

 


Foto divulgação


Compromisso com o futuro do varejo e do planeta

Essa iniciativa faz parte de uma série de compromissos da marca com a sustentabilidade. Desde 2018 a AMARO introduziu entregas por bike delivery em São Paulo, uma alternativa menos poluente e que beneficia o trânsito. Até 2020, essa iniciativa impediu a emissão de 4,8 toneladas de CO2 na atmosfera e agora, em 2022, aumentou de 8% para 18% a representatividade da modalidade na cidade, maior mercado da AMARO.  

Segundo estimativas realizadas pela Green Solution, consultoria da AMARO para assuntos de ESG, com a operacionalização da nova modalidade, as emissões de CO2 serão reduzidas em 84% em relação às entregas convencionais realizadas de moto.

 

Outro movimento realizado pela empresa é a busca de soluções cada vez mais sustentáveis para as suas embalagens. Em 2019, a AMARO iniciou esforços para a redução plástica e substituiu plásticos virgem por matéria-prima descartada na costa brasileira, além de criar embalagens-envelope que resultaram em menor cubagem, menos viagens e veículos em rota.

 

"Até 2026 a AMARO vai utilizar substituir todo o poliéster de sua produção por poliéster reciclado e, ao menos, 50% das nossas coleções virão de materiais mais sustentáveis. Essas metas visam a redução da nossa pegada de carbono ao máximo, uma vez que 80% dela vem da matéria-prima. Essa cápsula já foi desenvolvida sob esse racional, tendo impacto inferior", explica Claudia.

 

Essas movimentações da AMARO estão alinhadas às tendências de consumo e comportamento do consumidor identificadas pela pesquisa do movimento ModaComVerso, da Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX). A pesquisa, divulgada no primeiro semestre de 2022, identificou que 76% dos consumidores estão mais conscientes sobre o impacto de suas escolhas e estão dispostos a pagar um pouco mais no valor de produtos de empresas comprometidas com causas socioambientais, enquanto 80% dos entrevistados afirmaram que deixariam de consumir determinados produtos de marcas envolvidas em denúncias ou acusações sobre causas sociais.

ALL RIGHTS RESERVED

© 2022 by HOOKS MAGAZINE INTERNATIONAL LTDA.  Revista Hooks