Open site navigation

Kelly Key and Family

Kelly Key and Family

Andre Damião - Meu trajeto é mais longo porque eu não quis ocupar, eu quis construir

Para capa exclusiva da Hooks Magazine Internacional e entrevista convidamos o artista Andre Damião, que nos conta como foi e tem sido sua trajetória de vida pessoal e profissional. Acompanhe agora:


Direção: @oneandre

Fotógrafo: @adrianoreisg

Hairstylit: @nandinhodabodeguita

Videomaker: @danielferreiratv @adielsilva_

Auxiliar de fotografia: @guilhermepestana

Make: @bento.Beauty

Produção executiva: @marinics_


1. Como descreveria sua infância?


Tive uma infância que me blindou muito da realidade de onde eu morava, mesmo vivendo o reflexo de morar na periferia, tive oportunidades através de projetos sociais que me fizeram ter uma conexão com a arte, música, dança e luta.
Através desses projetos pude ter expectativas além daquela realidade que muitas vezes paralisa. Minha infância também foi com muito amor solo, não tive amor paterno e isso muitas vezes me fez gerar questionamentos internos, mas todos foram supridos com o apoio da minha mãe.


2. A sua passagem para a adolescência foi conturbada em algum aspecto?


Cresci morando na periferia, então assim como qualquer jovem preto periférico tive muitos exemplos de perto de caminhos bons e ruins.
Meu período de adolescência foi exausto pela necessidade de afirmação. Seja racial, social ou pela minha orientação sexual, tive que ressaltar muitas vezes qual era o meu lugar (principalmente na faculdade). As pessoas romantizam muito período acadêmico, mas pra ser sincero eu não sinto falta.
Lidei com inúmeros casos de racismo, homofobia ou de preconceito social, e isso me fez questionar muitas vezes qual era o meu lugar. Mas graças a Deus e aos meus orixás eu sempre tive força pra seguir o meu caminho.


3. Família pra você significa.


Coragem! Venho de uma família comandada por mulheres, mulheres fortes a frente do seu tempo e isso me fez ter munição para lutar pelos meus sonhos.
Tenho dupla nacionalidade, minha família de parte paterna é de Angola, inclusive meu nome é em homenagem ao meu avô paterno que também se chamava Andre Damião.
Minha parte materna é formada por amor, tenho 4 irmãs mulheres sendo 2 adotivas. Crescemos com uma realidade muito simples, mas com muito senso de coletividade.


4. Falando em família, eles aprovam a sua profissão? Sempre apoiaram?


A profissão não, por ser um mercado novo eles não tinham acesso a referências que “deram certo”, mas do jeito deles sempre apoiaram a minha escolha.

5. Poucos influenciadores falam sobre religião. Você é uma pessoa religiosa? Conte um pouco para a gente!


Sim, sou um homem de muito axé, de muita fé. Fé no amanhã, fé nas minhas escolhas, fé nos meus propósitos. Ter crescido num lar com muita fé, me fez ter equilíbrio pra lidar com muitas turbulências da vida.


6. Considera que sua religião tenha te trazido aprendizados para a sua profissão?


Sim, não tenho dúvidas. Ouvi muitas vezes através da umbanda que daria tudo certo, e isso me fez ter equilíbrio e maturidade pra respeitar o meu processo profissional.


7. Falando em profissão, como foi o seu caminho para o sucesso? Acredita que já tenha atingido o auge da carreira?


Meu caminho foi coletivo, com muitas pessoas acreditando em mim e nas minhas escolhas. Foi um caminho construído com muito cuidado, estudo e responsabilidade pra não se perder nos descuidos e vaidades.
Me preparei, e preparo todos os dias pra exercer minha profissão de comunicador. Estudo sobre iluminação, edição, moda, produção, faço fonoaudióloga e tudo que for possível pra me sentir mais preparado.
É um mercado muito desleal, então dou o melhor em todas oportunidades que me surgem.
Apesar de viver um bom momento da minha carreira, com estabilidade emocional e financeira sinto que ainda tem muito pra conquistar.



8. E afinal, qual é o auge da carreira digital?


O auge pra mim é ter uma carreira que proporcionar outras pessoas a terem também uma carreira. Ter uma empresa que gera empregos me satisfaz muito, me preparo pra crescer ainda mais e proporcionar dias melhores pra muita gente que assim como eu sonham muito.


9. Você atraiu os olhares das maiores marcas brasileiras! Qual o seu diferencial para essa ascensão no mercado publicitário?


O meu diferencial foi ter desenvolvido um perfil comercial, profissional e atrativo. Com identidade e personalidade, que se molda com os novos formatos do mercado mas sem se tornar refém.


10. Hoje, você estreia numa capa de revista, qual a importância disso para o Andre Damião?


A importância vai além de quem sou hoje, mas é um conforto e um prestígio pra quem eu também já fui. Eu caminhei com muita delicadeza ao longo desses anos pra viver esse momento, e estar na frente de uma revista é a resposta de que deu tudo certo, que isso gera possibilidades e representatividade pra outras pessoas sonharem, principalmente pessoas semelhantes a mim.

Siga o Andre Damião no Instagram para não perder nenhuma novidade.


2 comentários

ALL RIGHTS RESERVED

© 2022 by HOOKS MAGAZINE INTERNATIONAL LTDA.  Revista Hooks