Open site navigation

Kelly Key and Family

Kelly Key and Family

Cah Huber: brasileira lança marca beachwear em Miami!





Por: Evely Oliveira



Tais Caroline Huber. mais conhecida e como gosta de ser chamada Cah Huber, é uma brasileira natural de Igrejinha (RS) morando em Miami nos Estados Unidos, veem mostrando como é empreender em terras americanas.


Como muitos já sabem, o Brasil é reconhecido internacionalmente não apenas pelas belas praias e mulheres sensuais, mas também por ser lançador de tendências no mercado de biquínis. Das peças mais comportadas às ousadas, as areais registram um desfile de roupas de banho de grifes nacionais, que vendem seus produtos também em lojas de Nova York.

Os biquínis brasileiros são sucesso no mundo todo, e como disse, isso não é nenhuma novidade.


O País é pioneiro em ousadia quando o assunto é beachwear, e aproveitando à procura que a bela empreendedora teve em relação ao produto, e também por estar sempre em evidência usando modelos e shapes com modelagens diferenciadas e sensuais, que valorizam a silhueta, a brasileira acabou se mudando para Miami para atender à demanda, deixando sua marca consolidada e muito admirada por lá, afinal já é um sucesso!

E não paramos por aqui, logo você poderá encontrar no site a loja on-line cahbrazil.com e aproveitar toda linha beachwear.


Vem conosco saber mais sobre esse case de sucesso para se inspirar!






01 - Qual seu nome completo ? Como gostaria de ser chamada?

Tais Caroline Huber. Cah Huber

02- Quando o assunto é empreender, você tem alguma referência de base?

Sempre quis empreender em algo, ter meu próprio Business, acompanho alguns empreendedores que passaram a ser referência e inspiração pra mim, como por exemplo Camila Coelho, sou muita fã do seu trabalho, e acho ela uma mulher brilhante e empoderada



03- Onde surgiu a vontade de empreender ?

Há alguns anos atrás decidi que queria criar um negócio com meu nome, tentei outros caminhos que acabaram não dando tão certo mas usei como aprendizado para a próxima tentativa. Um destes planos ainda tenho guardado para tentar novamente quando eu tiver o capital necessário.

04- Como surgiu a sua marca de biquínis?

Em 2019 em uma das minhas vindas para NY a filha de uma de minhas amigas vendia roupas e biquínis e se interessou pelos modelos de Biquínis que eu usava. Eram biquínis de uma das fábricas que eu modelava e conectei as duas. Em novembro de 2019 depois de quase quebrar em um dos meus Business eu tive medo de arriscar o que me sobrou de capital e decidi criar algo novo. Já morando nos Estados Unidos, eu queria criar algo que me representasse como brasileira mas não sabia como fazer. Em um certo dia na Califórnia fui à praia com algumas amigas e tive que procurar biquínis para comprar, mas não encontrava nenhuma loja com tangas menores, como todas nós brasileiras gostamos, decidi entrar em contato com as lojas do Brasil e então veio a ideia de trazer isso pra cá. Na época eu morava em Los Angeles mas o clima não era muito favorável. Eu vinha com frequência a Miami e vendia meus Biquínis por onde eu ia. Festas na piscina, no barco, na praia… sempre levava várias opções e vendia para minhas amigas e outras. Sempre trazia uma mala grande de Biquínis e em dezembro vendi quase tudo o que trouxe em uma semana em Miami. Isso me fez ver que aqui eu cresceria mais rápido e então me mudei para Miami, fiz diversos eventos em meu próprio apartamento para mulheres conhecerem minha marca e hoje estou trabalhando no desenvolvimento do meu site que em algumas semanas será lançado.

05- Quem desenvolve as peças ?


No momento trabalho com duas fábricas do Brasil, Dolce Invita e Shallow. Mas estamos analisando algumas outras para possível parceria com elas. Pretendo não vender apenas Biquínis mas também tudo que uma mulher usaria na praia, como óculos de sol, bolsas de praia, havaianas e acessórios. Pretendemos oferecer um serviço completo e amplo.

06- Qual é o seu principal público ?

Hoje meu principal público são jovens de 19 a 35 anos, público que busca um biquíni que valorize suas curvas, que tenha qualidade brasileira e temos que confessar que somos referência de moda praia!

07- Sua loja fica localizada onde ?

Em dezembro lançarei minha loja on-line em cahbrazil.com e meu projeto é poder lançar minha loja física no próximo ano aqui em Miami.


08- Tem vontade de trazer a loja para o Brasil?

Não tenho pois tenho as lojas parceiras onde gero cupom de desconto para minhas clientes comprarem direto com os fornecedores e representantes.



09- Porque você escolheu trabalhar com biquínis ?

Escolhi trabalhar com Biquínis porque também é algo que eu amo, eu amo praia, amo estar bronzeada e isso eleva minha autoestima, quero poder além de vender Biquínis, poder vender autoestima, trazer para os Estados Unidos um pouco da beleza brasileira.

10- Consegue mensurar a quantidade de biquínis já

entregues?

neste ano vendi mais de 5mil peças, participando e promovendo eventos e também colocando minha loja em feiras de moda como o Fashion bazar aqui da Flórida. Acredito também que pós lançamento de loja virtual essas vendas passarão a ser maiores na medida que fecho mais parcerias com Influencers, investindo em divulgação e marketing digital.

11- Qual imagem você gostaria de passar para o público?

Batalhadora, guerreira e inspiradora. Nos imigrantes estamos longe de nossas famílias e amigos, estamos em um país onde podemos contar apenas com nós mesmos e cada dia é um dia de batalha, eu vim atrás da minha jornada na esperança de fazer a diferença de alguma maneira. 12- Qual o nome da sua marca ? Cah Brazil Cah vem do meu nome Caroline onde meu apelido é Cah, e Brazil por ser referência de moda praia e uma forma de chamar atenção das latinas que são meu público maior.

13- Conte um pouco da sua história e da história da marca!

Em uma conversa com a a dona da fábrica Dolce invita, ela me aconselhou a tentar vender os Biquínis aqui, mas como era algo totalmente diferente do que eu vinha trabalhando em meu outro negócio eu não senti muito interesse e não dei muita bola. Então ela me propôs fazer um teste e eu fiquei de pensar no assunto. Em uma ida à praia quando morei em Los Angeles eu fui em busca de Biquínis para comprar mas aqui nos Estados Unidos onde é mais comum encontrar tangas de formato maior, algo que eu não gosto por não valoriza o meu corpo. Neste dia pensei: poxa se é tão difícil assim eu encontrar esse tipo de biquíni então a ideia de trazer isso pra cá pode não ser má ideia. Resolvi entrar em contato novamente com a fábrica e decidi tentar. Em Los Angeles o clima não era tão quente então decidi vir mais vezes a Miami e sempre trazendo uma mala cheia de opções para as amigas que conheci por aqui. Passei a vir diversas vezes até decidir me mudar para Flórida. Morei em Delray por 5 meses mais ou menos onde eu tive ajuda de uma assessora de marketing digital que me ajudava a promover eventos e a participar de algumas feiras. Fechei parceria com alguns salões brasileiros onde disponibilizo champanhe em troca de poder expor meus Biquínis no salão.

Parceria com colegas que oferecem outros produtos como chapéus e bolsas de praia, amigas Influencers que ajudam a promover minha loja e me gerar mais vendas.


Sigam o insta:

@cah.Brazil

ALL RIGHTS RESERVED

© 2022 by HOOKS MAGAZINE INTERNATIONAL LTDA.  Revista Hooks