top of page

Das Raízes Rurais à Fama Global: O Fenômeno de Menina Veneno

'STARS' COVER EDITION - INTERACTIVE VIDEO ISSUE

Video Cover: @pedrogcf / Produção Exec.: @andersonmmacedo_ / Fotógrafo Projeto: @demmacedo / Retouch: @lualondinephoto / Video backstage: @wes.w.e.s / Beauty: @bygustavovoltolini / Hair: @marcelossmakeup / Styling: @jeanmarcios / Assist. Styling: @gustavolemee_ / Studio: @zoidestudio / @guitelrafaela / Assessorias looks: @furiaaa___ / @rbiz_assessaria / @pontoksemijoias / @levisbrasil / @converse / @annatulliafinds / @valentinatodafina


Nosso destaque para a edição 'STARS' foi mais uma vez escolhido a dedo pela equipe internacional da Hooks. Dessa vez, trouxemos como destaque uma influenciadora que tem se destacado no Brasil. Hoje, vocês irão conhecer Ana Luiza, mais conhecida como Menina Veneno.


Sua jornada desde o tranquilo interior do Brasil até o deslumbrante mundo do estrelato nas redes sociais é nada menos que extraordinária. Neste artigo exclusivo, a Hooks Magazine mergulha na vida e na carreira da enigmática influenciadora que conquistou os corações de milhões de seguidores.


Nascida e criada em São João do Oriente, uma cidadezinha pitoresca no coração de Minas Gerais (Brasil), Ana Luiza trilhou um caminho para a fama que estava longe do convencional. Com um modesto número de apenas 2.000 seguidores, ela iniciou sua jornada online, compartilhando trechos de sua vida impregnados com o charmoso sotaque de sua cidade natal. Mal sabia ela que sua persona autêntica e seu humor contagiante logo a levariam para o estrelato das redes sociais, acumulando impressionantes 2,4 milhões de seguidores em apenas um ano.


O apelido "Menina Veneno" não é apenas um nome chamativo - é uma mistura de doçura e ousadia de Ana Luiza. Colocado por sua mãe e inspirado em uma amada música brasileira, ele encapsula perfeitamente a sua persona: a inocência de uma garota do campo entrelaçada com o fascínio de uma personalidade cativante. Ao abraçar essa identidade, Ana Luiza se transformou em Menina Veneno, cativando o público com seu charme espirituoso e sua presença magnética.


Enquanto Ana Luiza inicialmente seguiu uma carreira em agronomia, sua incursão no mundo da moda em Belo Horizonte abriu caminho para sua entrada na cena fashion. Seu momento de destaque veio quando ela desfilou nas passarelas da São Paulo Fashion Week em 2023, marcando um marco significativo em sua crescente carreira. Desde então, ela se tornou uma colaboradora procurada por marcas renomadas, incluindo Guaraná Antarctica, Ipiranga e Spotify, aproveitando sua influência para redefinir a moda na era digital.


Enquanto Ana Luiza reflete sobre sua ascensão meteórica à fama, ela permanece firme em seu compromisso com a autenticidade e a inovação. Com planos de lançar sua própria linha de moda e explorar oportunidades no empreendedorismo e na atuação, ela está preparada para deixar uma marca indelével no mundo.


Fizemos uma entrevista exclusiva com a Menina Veneno, confira agora:


1. Como foi a transição da vida tranquila em São João do Oriente para a fama nas redes sociais?


"Foi super tranquilo. Eu sempre me preparei porque sempre sonhei com esse momento. Então, já sabia que teria que sair da minha zona de conforto. Às vezes, é isso: para correr atrás do que realmente queremos, precisamos sair da nossa zona de conforto, atingir outros patamares e viver outros momentos, não é mesmo? Momentos que não fazem muito parte da nossa rotina."

2. Como surgiu a ideia de adotar o apelido "Menina Veneno" e como isso influenciou sua identidade online?


"Então, o 'Menina Veneno' foi através da minha mãe. Foi ela que me deu esse apelido, porque meio que já entendia que eu iria para esse lado e gostaria que eu tivesse um nome artístico. Então, adotamos esse nome. Nós amávamos essa música, minha mãe amava essa música, e acho que esse entrelaço da menina, que é do interior, da roça, com o veneno, que é o meu lado mais artístico e modelo, combina muito. São duas identidades que se uniram de forma muito forte. Se você parar para analisar, realmente faz todo sentido 'Menina Veneno' estar entrelaçada com a minha identidade atual, que é o que levo hoje para o público, tanto na moda, no fashion, quanto nesse meu lado mais humilde e na minha essência mais pura do interior."

3. Como a sua experiência anterior como modelo influencia o seu estilo e conteúdo relacionado à moda nas redes sociais?


"Eu acho que a moda é muito uma expressão do que a gente está sentindo. Hoje, eu vivo momentos selvagens, momentos fortes, e gosto de trazer muito dessa experiência para o meu estilo atual. Hoje em dia, é isso que eu vivo: momentos muito profundos e significativos. Cada dia que passa, realizo sonhos, e tudo isso está entrelaçado. Isso me ajuda muito a mostrar para as pessoas a força e a garra que podemos ter, mesmo vindo de baixo, mesmo conquistando devagar. A gente vai conquistar. A gente consegue chegar a muitos lugares se vestindo bem, se importando, conversando, e tendo a nossa própria essência. A essência é fundamental na moda porque, se você tem uma essência própria, consegue desenvolver não só nas suas roupas, mas no seu conteúdo e em tudo que se propõe a fazer."

4. Você desfilou na SPFW e fechou parcerias com grandes marcas. Como você enxerga o papel da moda na sua carreira como influenciadora e quais são seus planos futuros nesse campo?


"Eu já estou trabalhando em um projeto para ter uma marca própria. Ainda não desenvolvi o produto, mas estamos conversando para definir os detalhes. Eu gosto muito dessa parte do empreendedorismo, é muito gostoso, é um mundo fantástico, o mundo empresarial. Eu ainda vou estar ali dentro, porque é um meio que admiro muito. E é isso, vem uma marca aí, Menina Veneno. Vamos conseguir impactar de forma muito natural, igual aos meus conteúdos, como sempre foi. Vamos conseguir trazer uma nova linha de roupas personalizadas e bem únicas para que as pessoas se sintam únicas e lindas, igual eu me sinto."

5. Quais são os seus projetos futuros como influenciadora?


"Então, como já trabalho com moda, sinto que vou continuar nesses dois campos. Mas eu quero muito atuar também; atuar é um grande sonho. Acho que em breve isso vai acontecer, se Deus quiser. Pretendo também entrar no ramo empresarial, investir em algumas carreiras e apostar nesse ramo de marcas. Enfim, tenho muitos sonhos e muitos projetos pela frente."

6. Você já colaborou com diversas marcas renomadas. Existe alguma colaboração ou projeto que foi especialmente significativo para você?


"Sem dúvidas, a revista era um sonho muito da minha mãe. Minha mãe vivia falando que, quando eu estivesse saindo em uma revista, em uma capa de revista, isso seria de uma importância muito grande, né? Hoje em dia, não é qualquer pessoa que sai assim, né? Não querendo desmerecer, mas não é qualquer pessoa que sai numa capa de revista. Então, está sendo uma experiência muito significativa para mim. Eu me emocionei muito, porque traz muito do que eu vivia com a minha mãe. Ela falava para mim o quanto apostava em mim em relação a tudo isso que está acontecendo hoje, e a revista é uma dessas coisas. Ela sempre teve certeza de que isso ia acontecer, e acompanhar tudo isso, acompanhar todos os sonhos que eram da minha mãe agora se realizando para mim, é muito significativo, é muito importante. Eu tenho muito carinho por esse momento que estou vivendo agora."

Commenti

Valutazione 0 stelle su 5.
Non ci sono ancora valutazioni

Aggiungi una valutazione
bottom of page