top of page

Emily Garcia: Uma Jornada de Resiliência e Sucesso

'CELEBRITY' COVER EDITION - GLOBAL ISSUE

Emily Garcia for Hooks Magazine

Producer: Zoid Creative Co. | @zoidcreative / Studio: Zoid Estúdio | @zoidestudio / Agency: ADR Agência | @adragencia / Creative Direction: Rafaela Guitel | @guitelrafaela / Executive Producer: Isabella Yogui | @bellayoguio / Photography: Felipe Adati | @feadati / Cover Video: Breno Rodriguez | @rodriguezbreno / Backstage: Lucas Calixto | @lukascalixto / Stylist: Giovanna de Vitto | @giovannadevitto / Beauty: Luciano Rodrigues | @lcfrbeauty / Hair: Raphael Gazpar | @raphaelgazz

Special Thanks: @caito.caito.caito / Editor-In-Chief Hooks: @directorhooks / Marketing Director: @mathlopes / Fashion Director Hooks: @evelyoliveira


Nas redes sociais, onde milhões de pessoas se conectam, uma figura se destaca não apenas pelo seu estilo impecável, mas pela força que carrega em cada postagem. Emily Garcia, uma das influenciadoras digitais mais renomadas do Brasil, não só conquistou um exército de mais de 20 milhões de seguidores, mas também o coração de todos que admiram sua jornada marcada por superação e triunfo.


Desde a infância, Emily irradiava uma luz única que a destacava. Seu caminho rumo às passarelas começou aos 11 anos, quando, apesar das dificuldades financeiras da família, frequentou com determinação o curso de modelo de Desirré Soares. Os obstáculos eram muitos, mas sua paixão e talento a impulsionaram a competir no "Garota Juvenil", o primeiro de muitos concursos que viriam a definir sua carreira.


Emily Garcia for Hooks Magazine

Os prêmios não demoraram a chegar, culminando no título de "Miss Teen Earth" em 2017, um marco que abriu as portas para uma carreira internacional como modelo. Contudo, nem tudo foram flores: Emily enfrentou duras batalhas contra a depressão, resultado das críticas e ódio nas redes sociais. Momentos de afastamento seguiram-se, mas com o apoio inabalável de sua família, ela ressurgiu, mais forte do que nunca.


O estrelato trouxe consigo não apenas reconhecimento, mas também a oportunidade de mudar vidas. Com seu crescente sucesso, Emily não hesitou em retribuir, proporcionando conforto e estabilidade àqueles que ama. Gestos como presentear seus pais com um carro novo e apoiar amigos e familiares se tornaram marca registrada de sua generosidade.


A paixão por moda e a vontade de inspirar a levaram a criar sua própria marca, "Emily Beachwear", uma linha de roupas de banho que reflete sua visão inclusiva e autêntica. Apesar da intensa rotina, o nascimento de seu filho Miguel trouxe um novo propósito à sua vida e a impulsionou a retomar sua carreira com ainda mais vigor.

Ao longo dos anos, parcerias com marcas renomadas consolidaram sua influência no mercado. Empresas como Hidrabene, Shein, e Méiluz reconheceram não apenas seu alcance, mas sua habilidade única de se conectar genuinamente com seu público, compartilhando não apenas produtos, mas também experiências de vida.


Emily Garcia for Hooks Magazine

Dress: @fauvebrand | Belt: @gigi_studio | Gloves: @acervodasprima | Flats: @arezzo


Emily não se limita a ser uma voz influente nas redes; ela é um farol de esperança para milhões que, como ela, enfrentam desafios e lutam por seus sonhos. Em suas palavras:

"Se eu puder ser para alguém o que não tive quando mais precisei, então cada dificuldade terá valido a pena".

Confira entrevista exclusiva:


1- Emily primeiramente é um prazer tê-la connosco hoje! Você hoje conquistou um alto patamar tratando-se de sucesso, olhando para sua infância, qual foi o momento em que você percebeu que queria seguir a carreira de modelo e influenciadora digital?


O prazer é todo meu em fazer parte desse time incrível e esse trabalho maravilhoso. A principio a carreira de influenciadora meio que veio de consequência ao meu trabalho de modelo que é de fato o que eu sonhava, aliás… Desde pequena sempre queria ser algo do meio artístico, já era um desejo que morava dentro de mim, fosse modelo, atriz, até mesmo cantora, mas já morava dentro de mim o grande desejo de ir para este lado. Quando novinha os vizinhos e familiares sempre comentavam… “Essa garota tem jeito de modelo, até o jeito dela andar é como se estivesse desfilando.” Ou “Ela tem o rosto muito bonito para fotografar, ficaria ótima fotografando para campanhas e revistas”. Então a partir desses comentários foi aumentando ainda mais o desejo que já morava em mim. Na época, com 12 anos fiz um curso na minha cidade de modelo, participei de vários concursos de beleza, tenho vários títulos em minha bagagem e coroações de miss, na época era o miss teen, de adolescente pois ainda não tinha idade para participar do adulto. Ganhei o miss teen Londrina (cidade) em seguida o miss teen Paraná (estadual) em seguida o miss teen Brasil (nacional) e depois o último, miss teen universo, representando o Brasil fui para o Equador em busca do título internacional e o ganhei. Campanhas e trabalhos foram aparecendo para que assim aos 16/17 anos eu já tivesse minha independência financeira mesmo que não fosse tanto, já era algo pra mim! Também, na época, o influenciador Rezende precisava de uma garota jovem carismática e bonita para fazer aparições em seu canal no YouTube, por coincidência um funcionário de sua equipe foi um fotógrafo de um de os concursos em que eu havia participado e me indicou, após participar de seu canal minhas redes sociais foram crescendo cada vez mais pois vinha conquistando o público.

Emily Garcia for Hooks Magazine

2- Sua mãe sempre foi um grande apoio para você, especialmente nos momentos difíceis. Como você descreveria a importância dela na sua jornada?


Minha mãe foi um alicerce para que eu não desistisse, ela estava ali sempre do meu lado e segurando a minha mão entre “trancos e barrancos”. Meu pai já não acredita que isso daria muito certo e que era “dinheiro jogado fora”, pois tínhamos que tirar de onde não tínhamos para conseguir comprar um “sapato” para um desfile ou alguma roupa para eventos, então minha mãe era a que ia em busca de patrocínios, batia de porta em porta! Ela esteve comigo em todos os momentos, e faz grande parte do meu sucesso. Hoje retribuo com muita gratidão fazendo o mínimo: Honrando pai e mãe, realizando os sonhos deles e sempre buscando fazer o meu melhor, aliás… Realizo até mesmo algo pra eles antes do que pra mim mesma, o primeiro dinheiro que consegui juntar dei um carro melhor para os meus pais, porque na época o deles já estava quase parando de tanto que minha mãe usava para minhas correrias.

Emily Garcia for Hooks Magazine

Dress & Corset: @fauvebrand


3- Você enfrentou críticas e haters nas redes sociais, o que resultou em uma fase de depressão. Isso nos mostra o quão vulneráveis podemos estar diante dos malefícios da internet, e como é importante ter apoio e cuidar da saúde mental. Como você conseguiu superar essa situação e voltar mais forte?


Sim, tive uma fase crítica no quesito saúde mental, me resultou em uma depressão profunda, onde estive em cima de uma cama, sem conseguir levantar até mesmo para tomar banho, não conseguia me alimentar direito resultando há um grande emagrecimento, não conseguia trabalhar fazendo assim com que a renda que eu havia conquistado simplesmente despencasse. O motivo foi, o público no Instagram estava cada vez maior e crescendo muito rápido, com isso consequentemente da mesma forma que os elogios aumentavam, as críticas também, eu não tinha preparo e nem estava preparada para lidar com isso. Era algo que eu absorvia profundamente, me causando um mal enorme, tive que reconhecer o meu estado, então com a ajuda de minha família fui em busca de tratamentos, psicólogo, psiquiatra, terapias, medicações. Assim fui me reerguendo, e me blindando aos poucos, minha fé também foi o que me ajudou a se reerguer e se blindar. O fato é que, eu sempre fui uma pessoa 100% transparente, sem seguir nenhum “personagem” ou vestir nenhuma máscara, muito autêntica, com erros e acertos mas sempre muito transparente. Porém hoje, com anos na internet sou muito mais blindada e equilibrada em relação á isso.

Emily Garcia for Hooks Magazine

4- A maternidade trouxe um novo propósito para sua vida. Como ser mãe do Miguel influenciou sua perspectiva sobre trabalho e vida pessoal?


Com certeza a maternidade trouxe um novo propósito e maturidade para a minha vida. Digamos que quando nasce um filho automaticamente nós mães “renascemos”. Antes da maternidade eu era mais “inconsequente”, as vezes até mesmo irresponsável… Hoje sei que tenho um serzinho que é a minha vida, totalmente dependente de mim, o que me faz acordar e todos os dias e ter sede de sempre evoluir e me tornar um ser humano melhor. Trabalhar muito para sempre dar o melhor a ele.

Emily Garcia for Hooks Magazine

5- Você sempre teve uma paixão por moda, o que a inspirou a criar sua própria marca de roupas de banho, “Emily Beachwear”. Qual foi a parte mais gratificante e a mais desafiadora desse empreendimento?


Sempre amei biquínis, então queria sair um pouco da minha “zona de conforto” e enfrentar esse novo desafio de “empreender”. Fui em busca de algo que fosse do zero, no qual fosse a minha identidade, porém diversificando usando a inclusão, para todos os tipos corpos e etc. Me vi realizada com as modelos fotografando algo que fosse “meu” sabe. Porém a parte mais difícil e que não é nenhuma novidade é que, empreender não é tão simples e fácil como algumas pessoas “pensam”, requer resiliência, muito foco, pois existem de fato muitos desafios, principalmente quando criado do zero.

Emily Garcia for Hooks Magazine

Emily wears/ Dress: @acervodasprima | Sunglasses: @balenciaga by @protusgroupbr | Necklace: @minhavotinha | Sandals: @arezzo


6- Ao longo da sua carreira, você fez parcerias com grandes marcas. Qual colaboração foi a mais significativa para você e por quê?


Acredito que não foi a maior, mas com certeza foi a mais significativa, uma campanha para a SHEIN. Onde desenvolvemos uma coleção “SHEIN x Emily Garcia”, onde trabalhamos com peças que tinham tudo a ver com a minha rotina e o meu estilo, e de variados tamanho, inclusive plus size. Diferente de tudo o que já fiz, não estava simplesmente divulgando looks, eles foram desenvolvidos exclusivamente para mim, e foi incrível poder contar com a inclusão na diversidade de tamanhos. O que mais me encanta(ou) são as diárias de editoriais fotográficos ou de gravação, que é ali onde consigo mostrar toda a minha habilidade como modelo que desenvolvi durante anos, além disso, poder ver na prática o meu amor pela moda sendo aplicado no meu trabalho diário.

Emily Garcia for Hooks Magazine

7- E por último mas não menos importante: Qual é a sua voz? O que você gostaria de dizer para o mundo todo se tivesse a oportunidade?


Vejo que muitas pessoas quando ganham fama e reconhecimento esquecem de todo o passado difícil que tiveram, e não se lembram que foi esse passado conturbado que fez eles chegarem aos momentos de glória de hoje em dia. Se tem uma coisa que eu não esqueço foram as batalhas e perrengues que fizeram eu chegar onde estou hoje. Acredito que a minha superação de vida é que faz tantas pessoas se interessarem em acompanhar minha rotina e se conectarem comigo. Eu quero ser a inspiração de vida para muitas pessoas, seja por acreditar no amor novamente, por saber o poder que a família tem para mudar nossas vidas, e por sempre lutar para estar rodeada de pessoas que querem seu bem e sua felicidade, independente de qualquer coisa.

Emily Garcia for Hooks Magazine

3 Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Guest
Jul 07
Rated 5 out of 5 stars.

Ótima

Like

Guest
Jul 07
Rated 5 out of 5 stars.

Ótima a entrevista

Like

Guest
Jul 07
Rated 5 out of 5 stars.

Muito boa a entrevista

Like
bottom of page