Open site navigation

Kelly Key and Family

Kelly Key and Family

  • BM

Empresa do setor funerário inova serviços em São Paulo com investimento de 13 milhões de reais

Memorial Jardim da Vida oferece planos a partir de 6 mil reais e foca na ressignificação e preservação ambiental


Um lugar tranquilo, em meio à natureza, localizado na região do Tamboré, próximo a Alphaville, foi escolhido para a construção do Memorial Jardim da Vida, onde são realizadas cerimônias àqueles que partiram. Inaugurado em janeiro deste ano, o Memorial está a apenas 34,4 quilômetros do centro da cidade paulistana, em Santana de Parnaíba, e oferece inovação no que diz respeito ao serviço funerário. A começar pelo investimento, na ordem de 13 milhões de reais, por um grupo de 18 sócios-investidores.

A obra, que teve duração de um ano e três meses, possui 3.330 m² de área construída, quatro salas para cerimônias, um espaço meditativo e foi assinada pela arquiteta e urbanista Adriane Lupetti Mendes Marques, investidora e administradora do empreendimento. Segundo ela, a partir de 6 mil reais é possível acessar o serviço, com documentação, traslado, cerimônia de 30 minutos e cremação.

“A ideia de construir o Jardim da Vida nasceu há alguns anos, quando fiz minha pós-graduação sobre perícia ambiental. Fui estudar sobre qual seria o método mais sustentável entre cemitérios verticais, horizontais e crematórios, além de levantar a questão socioeconômica. O resultado da pesquisa revelou que o crematório é o método de menor impacto ambiental, de menor desgaste emocional pois evita o processo de exumação e é, muitas vezes, mais econômico. Eu assumi o compromisso com a sustentabilidade desde o projeto até o fim da construção e com uma nova forma de realizar despedidas e preservar memórias”, explica a administradora.

Os va

lores são resultado de uma composição de serviços e produtos conforme os desejos da família. Os serviços vão desde a logística, documentação legal, apoio consultivo para organização da cerimônia de homenagem, cremação, violinista ou pianista, arranjos florais diferenciados feitos pela designer Luciana Thibes, buffet com diferentes menus, onde podem ser servidos bebidas quentes, sopas, sanduíches e doces, memoriais digitais, até câmeras de transmissão full time para familiares e amigos que estejam em outros países ou até impossibilitados de comparecer.

Para maior conforto da família, as salas possuem ainda ar-condicionado, lareira, aromaterapia, som ambiente com músicas voltadas para tratamento de Barra de Access e todo cuidado da cerimonialista, Gisele Cardoso, ao preparar o texto que conta a história de vida e homenageia o ente querido. Outro diferencial do local é o bosque destinado ao plantio de uma árvore nativa da Mata Atlântica juntamente com as cinzas em urnas biodegradáveis.


“Fazemos uma cerimônia em nosso jardim e acompanhamos a família durante o plantio de uma árvore juntamente com as cinzas humanas, que vai se tornar um novo símbolo de conexão, preservação da história e da memória do ente falecido. As árvores recebem um QR Code que leva a um aplicativo que, além de registrar as memórias e biografia, possibilita à família montar sua árvore genealógica. Dessa forma, vamos recompondo a mata nativa ao mesmo tempo que criamos um memorial vivo” explica Marques que finaliza: “Nosso compromisso é cuidar bem das pessoas e transformar o momento da despedida em um ato de amor, construindo memórias repletas de significado. Nós nascemos para fazer diferente”.

Além da possibilidade do plantio da árvore, as cinzas podem ganhar outros três destinos: serem levadas para casa em urnas personalizadas, feita pela ceramista Liesel Schambaher Triska, ‘descansarem’ no cinzário, ou, serem depositadas em urnas hidrossolúveis para familiares que desejam aspergir as cinzas em local com água, assim, o recipiente se dissolve e as cinzas se espalham.

“Nesse momento difícil da despedida, além de cuidar da parte burocrática e documentação, estamos ao lado da família para ajudá-los a tomar as melhores decisões, entendendo suas necessidades e realizando seus desejos”, conclui Adriane.

Dados do setor – De acordo com os últimos dados divulgados pela Abredif (Associação Brasileira de Empresas e Diretores do Setor Funerário), em outubro de 2021, o mercado funerário cresceu 30%, em relação a março de 2020. A alta se caracterizou com crescimento econômico sólido e estável devido à sua relação direta com a taxa de mortalidade, aquecido com a eclosão da pandemia de Covid-19 no Brasil.

Serviço Memorial Jardim da Vida Av. Honório Álvares Penteado, 3396, Santana de Parnaíba – SP Telefone: (11) 4118-6060


ALL RIGHTS RESERVED

© 2022 by HOOKS MAGAZINE INTERNATIONAL LTDA.  Revista Hooks