Open site navigation

Kelly Key and Family

Kelly Key and Family

Fábio Gontijo, o médico que extrai a melhor versão de cada paciente


Fotografia: Amós Rodrigues @amosrodrigues


Mais do que “embelezar”: extrair o que cada um tem de melhor sem desrespeitar as peculiaridades de cada tipo físico. Assim o médico dermatologista Fábio Gontijo se tornou o preferido de diversos famosos. Ele é especializado em harmonização facial e em diversos outros procedimentos cosméticos, como tratamentos para flacidez do abdome, coxa e glúteos. Ele atende em sua própria clínica, que leva seu nome, localizada em Belo Horizonte. Em seu rol de pacientes, há nomes como Camila Loures, quem ele atende há 5 anos, Jenny Miranda e a dupla sertaneja Victor e Guilherme, além de modelos internacionais, como Eduarda Bretas. Para ele, a melhor parte de seu trabalho é ver a felicidade das pessoas ao verem o resultado dos tratamentos. Gontijo é formado em medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, pelo Hospital Israelita Albert Einstein e ainda integra a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Se já não bastasse sua ampla agenda e currículo, ele ainda usa o seu tempo como influenciador. Gontijo ganhou notoriedade do público graças ao programa em que foi apresentador: “A Melhor Versão”. A atração foi o primeiro programa da TV brasileira na área da Dermatologia, veiculado na TV Band Minas. Gontijo também foi protagonista do quadro “Pergunte ao Dermato”, transmitido pela TV Alterosa, afiliada do SBT em Minas Gerais, onde ele dava informações sobre saúde, procedimentos estéticos e qualidade de vida. Sem mais delongas, ele é a capa desta edição da Revista Hooks.


Na sua opinião, por que a harmonização facial virou essa febre?


O momento que estamos passando gerou uma ansiedade grande em todos nós. Passamos a ter tempo suficiente para reparar em nossa aparência como nunca tivemos antes. As pessoas passaram mais tempo em casa e, consequentemente, em frente ao espelho. Com isso, nossos antigos incômodos estéticos parecem ter vindo todos à tona! Então a necessidade de estarmos bem esteticamente, depois de todo esse tempo fechados em casa, surgiu obviamente em todos nós.


A Harmonização facial veio para ficar ou é mais uma moda?


Essa prática existe há mais de 10 anos, mas só agora foi denominada assim. Um ponto que a tornou tão conhecida foi o fato de ter se popularizado mais, tornando-se mais acessível. Antigamente, as pessoas não sabiam que poderiam rejuvenescer 10 anos em uma única sessão no consultório. Hoje, saem para almoçar e voltam para o trabalho com um nariz mais bem desenhado, sem olheiras e com contornos faciais mais bem definidos. Quem não quer isso? A tendência é só aumentar mesmo.


O que o tornou um ícone nesse procedimento?


Acredito que a beleza não pode ser padronizada. Cada um tem traços que devem ou não ser valorizados, dependendo, inclusive, da personalidade do paciente. Sou totalmente contra artificialidades e harmonizações muito exageradas, que frequentemente temos visto. As pessoas querem estar mais bonitas e mais jovens, mas, na maioria das vezes, não querem deixar de ser quem são!

Ao longo da sua carreira, há algum caso emblemático que tenha chegado em seu consultório? Como foi?


Sempre me marcam muito os casos em que eu consigo entregar ao paciente algo além de um rosto mais descansado e bonito. Muitas vezes isso não basta. É preciso entender que os tratamentos faciais são somente uma etapa no processo de melhora da autoestima. Recuperar a autoestima de alguém é sempre algo inesquecível.

A dermatologia estética do Brasil pode ser considerada referência mundial?


Não tenho dúvidas disso. Diariamente recebo pacientes de fora do país, tanto pela confiança que os médicos brasileiros inspiram, quanto pelo respeito que temos lá fora. Somos colocados à prova todos os dias, pois temos a maior miscigenação do mundo. Não existe uma fórmula de bolo para tantos rostos diferentes, então eu acho que com isso podemos utilizar mais nosso lado artístico e ousar mais.

Por fim, quais os seus próximos passos?


Estamos com várias novidades para este ano. A informatização da análise facial acabou de ser implantada na clínica. A partir deste ano, vamos realizar simulações em 3D da face do paciente com tecnologias de última geração. Também estamos solidificando nossa plataforma de ensino e vamos ampliar o alcance para conseguir ensinar harmonização facial para médicos do mundo inteiro.


Quer acompanhar as novidades?

Confira tudo no perfil do Dr. Fábio Gontijo. @dr.fabio.gontijo






ALL RIGHTS RESERVED

© 2022 by HOOKS MAGAZINE INTERNATIONAL LTDA.  Revista Hooks