top of page

Jackeline Alecrim está entre as 30 cientistas retratadas como destaque em publicação internacional

Publicação Alemã coloca a cientista como destaque.

Photo promotion press

A alemã Bayer, que está entre os maiores laboratórios farmacêuticos do mundo, nomeou a cientista mineira Jackeline Alecrim como uma das trinta cientistas mulheres a serem retratadas em uma obra que homenageia a trajetória feminina na ciência. Publicado recentemente, o livro intitulado de “A ciência com o rosto de mulher“, traduzido para o inglês e alemão retrata, em ordem alfabética, cientistas mulheres, que são apresentadas através de suas biografias e histórias de vida.


Jackeline, é natural de uma pequena cidade do interior de Minas Gerais e foi a primeira pessoa da família, entre todas as gerações a ter um curso superior. Graduada em Farmácia em 2010, atuou como professora universitária por 9 anos, período onde resolveu desenvolver a pesquisa com recursos próprios e apoio da instituição de ensino onde trabalhava. A inovação, fez com que a pesquisadora ganhasse destaque no cenário do empreendedorismo científico a nível nacional e internacional.


A cientista é pioneira no mundo ao desenvolver um estudo que originou uma biotecnologia que utiliza fitoativos provenientes de um extrato biotecnológico de café, com eficácia clinicamente comprovada, contra alopecias e queda capilar. Em 2017, a fórmula desenvolvida pela cientista foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) do Brasil, permitindo que a empreendedora iniciasse a comercialização do produto elaborado a partir da biotecnologia patenteada.


O estudo teve quatro anos de duração e envolveu grandes desafios, incluindo complexa rotina de se dividir entre o trabalho e o laboratório, chegando a ficar mais de 18 horas na bancada de pesquisas, somada à maternidade durante o processo. A cientista revela que esse foi um dos fatores que a encorajaram ainda mais a levar o seu projeto até o fim:


“Sete horas antes de dar a luz eu estava dentro do laboratório e 14 dias após o parto passei a me desdobrar entre a pesquisa e a amamentação, nos corredores da universidade. Sempre gosto de contar essa parte da história, pois simboliza muito bem as dificuldades adicionais que nós mulheres enfrentamos, para desenvolver nosso trabalho, em qualquer área, inclusive na ciência. Mesmo com tantos desafios, a maternidade me deu combustível extra para não desistir”, diz.

Jackeline, ressalta ainda a importância de iniciativas como a da Bayer:

“A iniciativa da Bayer, de colocar em destaque a trajetória de mulheres na ciência, contribui para a desmistificação do nosso papel como pesquisadoras e servem de incentivo e inspiração. As mulheres tem uma enorme sensibilidade e um grande poder de percepção, além de serem criativas e persistentes por natureza e marcaram a história da humanidade com grandes feitos científicos, o livro retrata a atuação feminina na ciência ao longo da história e é uma honra imensurável estar entre as 30 cientistas da atualidade homenageadas nesta obra.”

A formulação desenvolvida por Jackeline Alecrim, foi batizada de DR JACK- Caffeínes Therapy, começou com modestos 8 frascos, fabricados de maneira personalizada após a conclusão da pesquisa e já atingiu a marca de mais de 200.000 mil produtos comercializados, com revendedoras em mais de 21 países.

Commenti

Valutazione 0 stelle su 5.
Non ci sono ancora valutazioni

Aggiungi una valutazione
bottom of page