Open site navigation

Kelly Key and Family

Kelly Key and Family

Leandro D’Kessadjikian fala sobre as mudanças no mercado fitness na pandemia




O empresário destaca como os estabelecimentos se estabeleceram com a crise.


Com o início do ano de 2022 algumas reflexões e planejamentos são feitos para o mundo dos negócios. E por conta da pandemia de Covid-19, diversas mudanças nas formas tradicionais dos negócios foram adaptadas para o funcionamento de setores, como o universo fitness.


Assim, o empresário e dono da rede de academias Runner Anália Franco, Leandro D’Kessadjikian, conta as principais adaptações que se estabeleceram no setor fitness nessa fase.



“Algumas mudanças estabelecidas por conta da pandemia acabaram se fixando na rotina dos negócios fitness, como a higienização constante dos espaços e aparelhos, a redução da capacidade em aulas coletivas, a disponibilização de dispensers de álcool em gel em áreas compartilhadas e a criação de aplicativos para a prática de exercícios físicos em casa são algumas adaptações que demonstram o momento de cautela no setor. Creio que todas essas mudanças continuarão com o ‘novo normal’”, conta ele.

O setor que tem se recuperado de uma grande queda por conta do isolamento social, tem apresentado um novo desempenho com a chegada do verão. Leandro relata sobre a procura por academias na estação mais quente do ano, explicando a busca através da confiança nos protocolos de segurança.



“Geralmente 88% dos alunos que retornaram às academias confiam nos protocolos sanitários que estão sendo adotados pela academia. Ao passo que 55% dos que não voltaram – e, portanto, os desconhecem – acreditam que os protocolos adotados pela academia não são seguros. Estamos no caminho e precisamos mostrar tanto aos alunos que ainda não voltaram, quanto aos que ainda estão perdendo para o sofá, que academia é sim seguro, e, mais do que isso, é essencial”, explica o empresário.


Com a pandemia, o setor fitness aprendeu algumas lições de mercado. Para o empresário, a maior delas é rever muitos conceitos.


“A pandemia está fazendo surgir uma nova sociedade, com um novo jeito de viver, de fazer negócios e de se relacionar. Está nos obrigando a ‘fazer um reset’, uma oportunidade de reaprender. Sobre os negócios, precisamos mais do que nunca de uma agenda positiva. Uma crise é sempre um momento de profundo aprendizado. A grande lição para a área de negócios é: o caixa da empresa tem de ser preservado a todo custo. Essa é a questão mais importante”, finaliza.

ALL RIGHTS RESERVED

© 2022 by HOOKS MAGAZINE INTERNATIONAL LTDA.  Revista Hooks