Open site navigation

Kelly Key and Family

Kelly Key and Family

Marcela Mc Gowan: A ex BBB que conquistou o Brasil com postura e posicionamento!


Marcela Mc Gowan Hooks

Créditos:

Foto: Mariana Servo @marianaservo

Edição Capa: Matheus Ganchu @wqewqwewq





Marcela Mc Gowan é natural de Rancharia ( SP). A musa, que foi participante do BBB 20, é ginecologista e obstetra. Antes, viveu também uma carreira como modelo, inclusive morando no exterior por um tempo. Logo ao entrar para "A casa mais vigiada" passou a ser admirada também por conta do equilíbrio, ética e postura ao tratar dos assuntos, sendo considerada "fada sensata".


Marcela Mc Gowan esbanja beleza, carisma, talento, simpatia e admiráveis bom senso e inteligência . Atualmente é apresentadora do programa “Prazer Feminino” ao lado de Karol Conka, no canal GNT.


Também é formada em sexualidade e expert em questões femininas, tendo se encontrado de forma profissional na prática do parto humanizado.

Como influenciadora digital, utiliza suas plataformas como forma de informar e educar, com uma pitada de lifestyle, afinal, quem não quer acompanhar a rotina dessa mulher inspiradora?


Tem mais: Marcela é autora do livro "Senta que nem moça” que possui edição em eBook no Skeelo, e se propõe a descomplicar a sexualidade por meio de uma narrativa cheia de reflexões. A obra traz conhecimento e estimula o pensamento, rompendo, com leveza , ideias e julgamentos pré-estabelecidos. O conteúdo é uma oportunidade de autoconhecimento e transformação.


Com essa postura toda, a gata vem ajudando a quebrar diversas barreiras impostas pelos padrões da sociedade quando o assunto é TABU sobre sexualidade feminina.


Após anunciar seu relacionamento com a cantora Luiza (lindas!"shippamos" muito), a musa ganhou voz ainda mais ativa dentro da comunidade LGBTQIA+, levando ainda mais pessoas a olhar para dentro de si e evoluir rumo a aceitação e empoderamento independente de orientação sexual.


Podemos afirmar que Marcela é uma mulher necessária nos dias de hoje! Vidas têm sido transformadas ao seu redor, e isso é muito bonito!



Tivemos a oportunidade de saber um pouco mais sobre essa mulher mais do que admirável! Vem junto!



1-Você teve uma participação marcante no Big Brother Brasil. Sempre sonhou em participar do reality? E o que significou para você essa experiência?



Já fazia alguns anos que eu sonhava em participar do BBB, depois que me separei e muitas coisas mudaram na minha vida, sabia que era o momento ideal pra me entregar pra aventura de um reality! Foi uma das experiências mais divertidas e enriquecedoras da minha vida. Aprendi muito com tudo que vivi lá dentro e depois aqui fora.

2- As temáticas feministas e a luta pela liberdade sexual e de direitos humanos são abordadas por você de maneira leve e descontraída. Hoje você é uma peça importante na representatividade feminina, e também no mundo LGBTQIA+, como você lida com essa responsabilidade?

Fico muito lisonjeada de estar cumprindo um papel de levar mais informação pra outras pessoas, e que elas confiem em mim pra isso. Estudo, leio, e me preparo muito para que tudo seja entregue com muita responsabilidade! É um presente pra mim também porque me impulsiona a ser também cada dia alguém melhor e mais consciente.

3-“Senta que nem moça” é o título de seu livro que retrata a sexualidade feminina e foi sucesso de vendas! Já havia pensando em escrever um livro algum dia? Como surgiu essa ideia?


Há muito tempo atrás eu fiz uma consulta com um astrólogo e ele me disse, um dia você vai escrever um livro. Fiquei com isso na cabeça mas parecia uma realidade tão distante. Quando sai do BBB me procuraram pra falar sobre a ideia e eu me empolguei muito. sabia que através do livro chegaria a muitas pessoas e levaria informações importantes para todas elas. O livro é um compilado de assuntos que considero relevantes sobre sexualidade feminina e prazer.

4-Definitivamente você vem quebrando padrões e desconstruindo barreiras impostas pela sociedade quando o assunto é a sexualidade feminina. Com é ter esse poder tão belo que é o de libertar mulheres e pessoas que até então se sentiam oprimidas, e hoje se inspiram em você?

Eu tive meu processo de me libertar e virar protagonista da minha própria história, e me lembro de pensar o quanto eu gostaria que todas as mulheres pudessem desfrutar dessa sensação de liberdade. Hoje, fico feliz em saber que de alguma maneira sou agente de mudanças na vida dessas mulheres e sei que elas serão na vida de outras mulheres, e assim vamos transformando realidades.

5- E por último mas não menos importante: qual é a sua voz? O que você gostaria de gritar para o mundo se tivesse oportunidade?

Meu grito sempre vai ser de liberdade. E quando estamos falando de mulheres sabemos que existem muitas barreiras a serem vencidas. Há muitas questões diversas que merecem atenção. Então, um único grito não resumiria, mas eu sem dúvidas, gritaria para que as mulheres se mantivessem unidas, porque uma coisa é fato: juntas somos bem mais fortes.


ALL RIGHTS RESERVED

© 2022 by HOOKS MAGAZINE INTERNATIONAL LTDA.  Revista Hooks