Open site navigation

Kelly Key and Family

Kelly Key and Family

Trumpas: Os cliques que conquistaram o coração das celebridades, especialmente para Hooks!



Créditos:

Stylist: @wollason

Design: Matheus Ganchu



Ele é o fotógrafo mais procurado e aclamado pelas celebridades!

Tudo começou ao ter trabalhado como modelo por 3 anos na Europa, ele se encantou também pela arte da fotografia e logo começou a estudar e arriscar alguns cliques. Assim, nasceu a paixão pela arte.

Voltando ao Brasil mesmo ainda fazendo alguns trabalhos como modelo, inaugurou o Studio R. Trumpauskas e mergulhou fundo no mundo da fotografia. Uma de suas marcas registradas é sua forma

de trabalho, além de saber dirigir os ensaios fotográficos super bem, por já ter estado na frente das lentes, o jeito leve e brincalhão do fotógrafo ajuda seus ensaios a serem únicos, ele é um profissional cuidadoso, sensível, que traz com ele, o tiro certeiro.

Muitas foram as marcas e as celebridades que já foram clicadas por ele. Ana Hikman, Leandro Karnal, Bruno Gagliasso, Gionanna Ewbank Reynaldo Gianecchini, Rodrigo Faro, Claudia Leite, Pyong, Lizi Benites, Yudi Tamashiro, Luiza Sonza, Lore Improta, Belo, Alcione, Lochlyn Munro, Bryan Adams, Carlinhos Maia, Lucas Guimarães, Zezé de Camargo, Virgínia, Zé Felipe, Leonardo, Sarah Andrade, Deolane, Diego Navarro, Eslovênia, Pocah, Lais Caldas, Vyni, Barbara Heck, Gil do Vigor, Marina Ferrari, Erika Schneider, Tierry, Lipe Ribeiro, Duda Reis, Gabi Martins, Thais Braz, Gui Napolitano, Bil Araújo dentre diversos outros artistas e a lista só cresce!


Casado com Katchu, padrasto de Giulia, de 15 anos, pai de Monick, de 13, e Esther, de 6, Roberto é um homem de princípios e virtudes, e preza pelo bem estar de sua família, uma pessoa que com certeza foi chamada nessa terra para fazer a diferença na vida de outras pessoas, afinal a arte de fotografar e captar momentos únicos os eternizando na vida de uma pessoa, com certeza já fazem toda a diferença de inúmeras maneiras!





Tivemos a oportunidade de entrevistar melhor esse profissional tão querido e tão especial nessa arte! vem conosco saber como tudo começou!


1-Você iniciou sua carreira a princípio como modelo, inclusive trabalhou na Europa por um tempo. Poderia compartilhar um pouco sobre o seu início da jornada, como começou e o mais importante, porque começou a fotografar?

Sim, trabalhei como modelo na Europa e aos poucos fui me interessando cada dia mais pelo que acontecia não só na frente das câmeras, mas também por trás delas. Acabei despertando um interesse que só cresceu até que comprei minha primeira câmera profissional. Para mim era um hobby, onde capturava imagens da paisagem Holandesa, cenário perfeito.

Depois de modelo que era fotografado, comecei a querer fotografar pessoas também, mais vi que era bem mais complexo porque quando se trata de pessoas é preciso usar mais a criatividade e aprender ainda mais técnicas de luz e sombra, além de ter que apresentar as ideias, entrar em acordo com quem se está fotografando e chegar no resultado que se espera. Quando voltei ao Brasil montei um Studio de fotografia na garagem da casa da minha mãe e fotografava amigos modelos para me aprimorar em cada ensaio, posso dizer que foi um período de “estágio prático e bem intenso”. Meu lado autodidata aflorou e me envolvi ainda mais com a fotografia.

2-Como você poderia caracterizar o seu trabalho?




Enxergo meu trabalho como uma forma de devolução da autoestima de muitas pessoas que estão desacreditadas nelas mesmas. Meu foco é encontrar o melhor ângulo para que cada um que fique em frente às minhas lentes, se sinta valorizado e enxergue sua beleza porque todos temos sim, um lado único e lindo. Pra mim, ver os olhos brilhando dos meus clientes quando entrego as fotos e eles me mostram o quanto estão se sentindo bonitos com o resultado do meu trabalho, me mostra diariamente que fiz a melhor escolha que poderia ter feito. AMO O QUE EU FAÇO E FAÇO COM MUITO AMOR.

3-A fotografia é capaz de eternizar um momento através de uma imagem, o que mais o inspira na fotografia? De onde vem suas melhores ideias para fotografar?


Acredito que minha maior inspiração de verdade vem de Deus para que eu nunca perca meu foco de olhar para as pessoas como seres humanos únicos e especiais, isso está em mim, e foi desenvolvido também pela minha história de vida e tudo o que eu vivi quando fui modelo. Pude conviver com o padrão de beleza que é imposto ao mercado da moda e vendo diariamente tantas pessoas se depreciando por não serem “aprovadas” em castings, de alguma forma se sentindo “descartadas”. Comecei a enxergar a necessidade de desenvolver um trabalho diferente, oferecendo uma direção de fotografia individual para cada fotografado “tirando” de alguma forma da mente dessas pessoas todos os “nãos” que foram dados, entregando a cada uma dessas pessoas o “sim” que tanto elas precisam. Foco no melhor, no ponto mais bonito da essência de cada um. Acredito que a moda me inspira, mas querer fazer a diferença na vida das pessoas como seres humanos aceitos, livres e com a autoestima elevada me inspira ainda mais afinal, a verdadeira beleza humana é a diferença de cada um de nós. Imagine se todos fossem iguais? Não teria graça nenhuma!

4-Na sua opinião, quais são os maiores desafios para um fotógrafo neste mercado tão concorrido e carregado hoje em dia?


O dom/talento são bem importantes porque acredito sim que cada um de nós nasce com um talento ou com uma facilidade maior que outros em determinada coisa, mas, na minha opinião, um dos maiores desafios hoje em dia para um fotógrafo antes de qualquer coisa é não deixar com que nada nem ninguém seja capaz de corromper seu caráter e seus valores nem deixar com que críticas destrutivas sejam capaz de te paralisar. Cumprir a palavra é tão importante quanto fotografar. O prazo dado precisa ser o prazo cumprido e o melhor sempre precisa ser feito e ser entregue. No quesito técnico acredito que a busca contínua pelo aprimoramento, da luz e da sombra perfeita, do tratamento perfeito, pela entrega de um trabalho com uma direção bacana e um resultado de qualidade precisa ser eterna.

5-Existe alguma história emocionante e marcante na sua carreira que gostaria de compartilhar?


Na real, a maioria das pessoas anônimas que me procuram me emocionam muito quando eu mostro o resultado e mostro o quanto são lindas, mais uma em específico me marcou bastante e hoje se tornou amiga querida minha e da minha família.

Ela tinha muito medo de ser fotografada porque pensava que era dura, que não era fotogênica, e chegou no Studio falando que iria dar trabalho pra mim porque não era modelo.

Quando comecei a sessão de fotos fiz o que eu faço com todos meus clientes e dei a direção conforme ia enxergando o melhor ângulo dela, quando parei para mostrar as primeiras fotos, os olhos dela imediatamente se encheram de lágrimas, ela chorou de alegria e desabafando me disse que a muitos anos eu não se via tão bonita. Me deu um abraço forte e um obrigado muito sincero… esse dia eu jamais esquecerei…


6-Você já trabalhou com inúmeras marcas grandes e celebridades de peso, algum dia imaginava que tudo isso seria possível? Qual o segredo para o sucesso?

Sim, já trabalhei com muitos nomes, e no começo confesso que não acreditava que um dia iria dar tão certo, porque eu literalmente não acreditava em mim, nunca tive nenhum “padrinho” que me pegou pela mão e fez questão de me dar trabalho e mostrar meu trabalho para marcas ou famosos. Tudo sempre foi bem difícil, com muito esforço e conquistado depois de muitas e muitas fotos gratuitas onde as pessoas não faziam questão nenhuma de pagarem nem mesmo uma ajuda de custo por não ser reconhecido. O fato também de não estar aberto para fazer nada que distorcesse meus valores pessoais deixou meu caminho mais “difícil”. Mas minha esposa todos os dias fazia questão de reforçar que eu era muito bom, que eu tinha talento, que minhas fotos eram lindas. Duvidei demais e me perguntava muito o porque não tinha muitos trabalhos se era tão bom, ela sempre acreditou no meu trabalho. Cada ensaio foi uma conquista, cada marca trabalhada mais um passo dado.

De repente comecei a querer me aproximar mais de Deus e comecei a questionar a ele se iria chegar o tempo de ter reconhecimento profissional de verdade, quando no silêncio do meu quarto, falando com ele uma noite, ele me respondeu que iria chegar o tempo de fotografar muita gente conhecida e prosperar vivendo da fotografia. E o segredo? Minha fé em Deus e minha persistência.

7-E por último mas não menos importante: qual é a sua voz? O que você gostaria de gritar para o mundo se tivesse oportunidade?

Acredite nos seus sonhos, seja bom com as pessoas, nunca faça para ninguém o que você não gostaria que fizessem com você! Faça sua parte, dê o seu melhor, independente das circunstâncias, mesmo se nada estiver acontecendo no momento, persista! Se Deus prometeu, ele vai cumprir e fazer infinitamente mais do que você pensou ou sonhou! Afinal, Deus é bom em todo tempo! Em todo tempo Deus é bom!



1 comentário

ALL RIGHTS RESERVED

© 2022 by HOOKS MAGAZINE INTERNATIONAL LTDA.  Revista Hooks