top of page

Thâmara Brandão - A Paixão que Costura o Sonho da Moda

"INFLUENCER" COVER EDITION - NOVEMBER ISSUE

Model: Thâmara Brandão - @thamara.brandao

Photos: Emanuele Jeane - @emanuele_jeane_photographer

Make: Roxana Corciu - @roxanacorciu

Stylist: Emma Giorgia - @emgi_stylist

Design Director: Matheus Lopes - @mathlopes


Thâmara Brandão, aos 32 anos, é mais do que uma modelo e professora de educação infantil na ensolarada Itália; ela é uma personificação da paixão que costura o sonho da moda em sua vida. Enquanto equilibra a sala de aula e as passarelas, Thâmara revela uma história que vai além das aparências.


Desde sua infância, Thâmara foi envolvida pelo mundo da moda. Aos 10 anos, ela começou a costurar sob os cuidados de sua mãe, que a introduziu ao mundo do design. Embora tenha trilhado um caminho profissional diferente como educadora, o sonho de ser designer de moda nunca a abandonou.


Sua jornada é de persistência e amor pela moda. Mesmo com as responsabilidades de sua profissão principal, Thâmara não deixou que seu sonho de moda se dissipasse.


"Costuro desde os meus 10 anos de idade. Minha mãe, que hoje está no céu, me ensinou. Eu segui outros rumos na minha profissão, mas eu vivo esse sonho da moda ainda. Posso dizer que não será algo tão fácil, obviamente que não, mas confesso que estou muito feliz em estar privilegiada como capa da Hooks. Muito obrigada, Thâmara Brandão."



Confira agora entrevista que fizemos com Thâmara Brandão:


1. Como você começou sua jornada no mundo da moda e qual foi a sua primeira experiência como modelo com um estilista real?


Aprendi a costurar com minha mãe aos 10 anos de idade, quando ganhei minha primeira Barbie. Minha paixão surgiu daí. Todos os meus aniversários eram organizados com desfiles. Eu sempre era convidada especial para desfiles no colégio; eu gostava muito porque sempre fui muito ousada. Mas hoje, eu queria começar a estudar design de moda pelo sonho mesmo. Minha primeira experiência como modelo aconteceu na Itália. Fui capa da Formen em março de 2021, sempre acompanhada do meu fotógrafo, Emanuelle Jean, que eu amo de paixão.

2. Como você equilibra sua carreira de professora de educação infantil com sua paixão pela moda?


Eu trabalhei muitos anos na área da educação. Me formei em pedagogia por opção de emprego que não conseguia encontrar, mas amei meu trajeto como professora de educação infantil. Diante disso, não estudei moda por questões financeiras.


3. Qual é a sua maior inspiração no mundo da moda e como ela influenciou seu desejo de se tornar designer?


Eu acredito que minha inspiração veio da minha infância. Hoje, tenho o sonho de estudar design de moda e só preciso de alguns utensílios para iniciar o curso, porque é um pouco difícil no começo, exigindo muito estudo e tempo. Mas eu não sou uma mulher de desistir; vou chegar ao topo. Estou muito mais dentro do que fora desde que cheguei em Milão. Eu estudo e vejo tudo relacionado à moda, e irei subindo ao alvo certo com muita paciência e tranquilidade.


4. Poderia compartilhar uma memória especial de sua infância relacionada à costura, que tenha impactado sua paixão pelo design de moda?

(ELA RESPONDEU A PERGUNTA 4 COM UMA FOTO REPRESENTANDO)


5. Você acredita que suas experiências como modelo influenciaram sua abordagem como professora de educação infantil? Se sim, de que forma?


Eu sofri muito preconceito no meu trabalho como professora. Fui modelo fitness e participei de um campeonato de fisiculturismo, no qual eu mesma customizei meu biquíni. Posso dizer que meu trabalho como modelo é um talento; quem conhece minha história sabe o quanto amo e faço tudo com muito carinho. Trabalhar como modelo e influenciadora é uma opção para o entretenimento de hoje. Faço de tudo um pouco, gosto de trabalhar e de agarrar as oportunidades.

6. Qual é o seu objetivo final como designer de moda e como você planeja realizar esse sonho enquanto continua sua carreira na educação infantil?


Eu acredito que para realizar nossos sonhos, precisamos superar diversas dificuldades. Também acredito que vou trabalhar em outras áreas, pois o mundo profissional é uma jornada de vida; o sonho continua, mas busco apreciar tudo que já fiz na minha vida. Tudo que disse aqui é muito real e amável, mas meu sonho de me tornar estilista está se revelando uma escada longa e recompensadora. Vale a pena compartilhar essa história com o mundo, e eu vou contar a parte final desse sonho. A vida é curta demais para desistir.






Opmerkingen

Beoordeeld met 0 uit 5 sterren.
Nog geen beoordelingen

Voeg een beoordeling toe
bottom of page