top of page
Open site navigation

Ana Namor: fala sobre sua promissora carreira de modelo e se despede da acrobacia profissional!


Credits:

Dress: @zeenazaki

Photo: @alex_kopin

Mua&hair: @makeupbyann.dubai

Design: @directorhooks


Ana nasceu na Rússia e atualmente mora no México, para onde se mudou para explorar a cidade, conhecer novas pessoas e investir ainda mais na carreira de modelo.


Sempre gostou de esportes e desde criança adorava atividades esportivas.

Ela começou sua carreira no mundo dos esportes como dançarina, mas tudo mudou quando ela assistiu a um show de acrobacia aérea, então ela investiu e se profissionalizou no esporte de acrobacia.


Ela sempre chamou a atenção por sua beleza impressionante e é modelo desde os 16 anos.



Então ela atuou nas duas áreas, e depois de viajar por mais de 12 países com seus shows e fazer os maiores palcos e clubes do mundo, ela percebeu que estava sempre em busca de oportunidades como modelo.


Até saiu em revistas na Rússia, Bulgária e Turquia.

E hoje, como disse anteriormente, ela mora no México, onde pretende se dedicar 100% à carreira de modelo.


Tivemos a oportunidade de entrevistar essa mulher incrível, vem com a gente!




1-A acrobacia é uma atividade esportiva e, ao mesmo tempo, uma arte cênica. Requer não apenas equilíbrio, mas também coordenação e agilidade. É preciso muita dedicação e superação para se tornar um profissional! Como começou sua história com a acrobacia?


Sempre gostei de esportes e quando criança adorava atividades esportivas. Minha carreira começou como dançarina, pouco quando me mudei para Dubai pela primeira vez, assisti a um show acrobático aéreo, meu coração parou e eu sabia naquele momento que tinha que fazer isso.


2-Você se profissionalizou na acrobacia, o que mais gostava de fazer em suas apresentações?


A acrobacia aérea não é um esporte puro porque além de força e muita prática exige que você atue, "viva" seu personagem no palco. O que mais me cativou foi viver o personagem, sentir alegria, amor, drama e tristeza e compartilhar com o público


3-Hoje você é modelo profissional, como foi essa transição de carreira?


Sempre fui modelo desde os 16 anos, fiz meus primeiros snaps e gastei todo o meu dinheiro nisso. Logo quando entrei no esporte profissional, comecei a tomar mais do meu tempo. Depois de viajar por mais de 12 países com meus shows e fazer os maiores palcos e clubes do mundo, percebi que fiz tudo e é hora de um novo capítulo em minha vida. Enquanto viajava com meus shows, sempre estava procurando oportunidades de modelo nos países em que estive. Fui publicado em algumas revistas na Rússia, Bulgária e Turquia.



4-Atualmente você se mudou para o México, o que fez esse país se tornar seu novo lar?


Desde que descobri o México pela primeira vez no ano passado, meu coração foi completamente cativado pela cultura, pelo povo, pelo idioma. Aprendi espanhol e diariamente fico feliz em descobrir a cultura e as pessoas locais! Ainda sou muito nova, mas posso sentir que é um grande potencial de modelagem aqui.


5-Como tem sido sua experiência no mundo da moda?


Até agora minha principal especialidade tem sido editoriais, photoshops para marcas e modelagem de rosto que é uma coisa muito popular em Dubai para grandes maquiadores e workshops e etc, graças a essa experiência agora eu sei muito mais sobre os segredos de beleza das modelos!


6- E por último mas não menos importante: qual é a sua voz? O que você gostaria de gritar para o mundo se tivesse a oportunidade?


Acho que sempre digo uma coisa simples - viva sua vida em seu potencial máximo, não tenha medo, seja humilde, reaja e sempre que tiver oportunidade - sempre apoie seus amigos! Isso torna a vida muito mais brilhante!


Muito obrigado à HOOKS Magazine por me receber! me sentindo super feliz e honrada.















bottom of page