top of page

Claudia Costa, conta sobre suas experiências e revela sua opinião sobre o universo da moda


COVER FASHION EDITION

Créditos

Style @stylebyste

Photos @joaocassioph


Claudia Costa, é uma mulher forte e determinada. É influenciadora digital, comunicadora, estudante de marketing e modelo fotográfica. A bela paranaense ama viajar e já visitou vários países. Quem a acompanha sabe quão agitada é sua vida. Entre um aeroporto e outro a modelo compartilha seus itinerários com seus seguidores. Ela ama a interação com as pessoas.



Mesmo jovem, ela já possui uma trajetória de muitas realizações. Em sua carreira, ela se empenha plenamente para obter os melhores resultados. Desde sua infância e adolescência todos a sua volta sempre notaram que ela tinha feeling para ser modelo, e então sua carreira se concretizou como modelo fotográfica.


Claudia é capaz de reconhecer que são as reações diante das circunstâncias que moldam nosso futuro, e ela soube fazer com que momentos se tornassem importantes para seu crescimento. Em sua trajetória teve que lidar com percalços, mas teve sabedoria para superar todas as situações indesejadas.



Quanto a moda, ela deixa claro que cada pessoa deve se sentir como um ser único, já que cada beleza é peculiar. Para ela as pessoas não devem tentar se encaixar nos padrões, não deve se moldar fisicamente para caber dentro de qualquer padrão. O universo da moda está em constante evolução.



Nessa entrevista, Cláudia esbanja sua beleza e carisma. Conheça mais de sua personalidade e trajetória de vida.


1- Claudia, quando você se identificou com a carreira de modelo fotográfica? Conte nos um pouco sobre sua experiência.


“A minha identificação veio aos 16 anos quando eu estava em uma praça na minha cidade e um fotógrafo me parou e perguntou se eu era modelo, ou seja, fui notada. Esse encontro foi um verdadeiro divisor de águas para mim. Ele conversou com minha família, já que eu era menor de idade, e então me deu a oportunidade de ser a modelo de sua própria loja, e desde então surgiram vários convites que me fizeram amar ainda mais a moda. Esse encontro inesperado realmente mudou minha vida”.


2-Como você se definiria em algumas palavras?


“Me considero uma pessoa de um bom coração, gosto de ser útil as pessoas. Também sou persistente, não desisto nem mesmo com as dificuldades, sempre estou em busca de minha melhor versão. Tenho horror a mentiras, aprecio a sinceridade das pessoas e também sou muito sincera”.


3-Você está sempre muito bem vestida, seus looks são muito admirados por várias mulheres. Sempre gostou do universo da moda?


“Sempre amei moda. Desde nova gostava de ousar com minhas roupas, ter meu próprio gosto. Fui aquela criança que vai no guarda-roupa da mãe e experimenta as roupas, mesmo não servindo. Sempre gostei de estar bem vestida, de ser notada. Mas meu verdadeiro amor pelo universo da moda veio quando percebi que poderia ter ambições que até então nunca tinha pesado. A moda me proporcionou muitos aprendizados e realizações. Moda é uma forma de se sentir livre, de expor seu exterior!”.


4- Você é uma mulher muito empoderada. Para você, é importante ter uma identidade visual?


“Sim, já que diz muito sobre você. Para ter uma identidade visual não é necessário seguir a moda, mas ter personalidade ao se vestir e também se portar. Ter seu próprio estilo, é se sentir livre!”.


5- Em sua trajetória, você já teve algum momento que pensou em desistir?


“Sim, vários momentos. Lembro que quando eu trabalhava de telemarketing e tinha que ajustar os horários do escritório com o de modelo, sempre era cansativo, mas sempre fiquei positiva mesmo querendo desistir. Hoje percebo o quão importante são todas as situações vividas, já que cada fase requer algo novo de nós. O percurso da vida é feito de altos e baixos, e temos que saber lidar e não perder o foco de vista. A vida é feita de momentos, e acredito que não há vida perfeita, e sim momentos perfeitos”.


6- Por meio de seu Instagram, pode-se notar que você é uma mulher que planeja muitas viagens, certo? Cite alguns lugares que te encantaram. Suas viagens contribuem de alguma forma para sua vida profissional?


“Eu amo viajar!!! Já visitei muitos países, mas Suíça e Itália foram até o presente momento meus lugares preferidos. Por meio das viagens posso sentir mais minha essência, são momentos que gosto de curtir minha própria companhia, ir a lugares que quero, fazer o que gosto...dentre tantas outras coisas. As viagens são enriquecedoras para mim, já que consigo ter várias experiências”.

7- Sua rotina é muito atarefada, para fugir da correria do dia-a-dia possui hobbies? Quais?


“Curto muito caminhar ao ar livre e ficar com pessoas que amo. O simples me agrada. Prezo em cuidar da saúde do corpo e da mente. Mesmo viajando pra lá e pra cá tenho um compromisso de sempre ir a academia para praticar exercícios físicos, me sinto bem”.

8- Mesmo sendo modelo fotográfica, acredito que você já teve exigências quanto ao corpo. Como você vê o futuro da carreira das modelos quanto as exigências de perfil de corpo?


“Acredito que no futuro não terá mais um padrão para ser modelo, os tempos mudaram e tudo muda a cada momento. Mesmo isso ainda sendo um tabu, acredito que o estereótipo de corpos magros e altos não serão tão requisitados como já foram. As pessoas aprenderam a se valorizar mais, a perceber que o diferente é normal, e isso é lindo! Cada pessoa é única. Portanto, um padrão de beleza não deve ser estabelecido. A beleza sempre foi valorizada, mas percebo que com o decorrer dos anos, a escolha de um padrão vai de desmistificando. Cada vez mais mulheres e homens vão se aceitando, tornando o nicho da moda com ainda mais personalidade”.


9- Claudia, você é uma inspiração para muitas mulheres. Como se sente em relação a isso?


“Eu amo ser inspiração, amo quando posto algo e as pessoas me perguntam sobre o que foi postado, sinto que de alguma forma estou acrescentando em algo, ou seja, me sinto útil e amo essa sensação. É muito gratificante receber tanto carinho das pessoas que me acompanha".

10- Última pergunta, mas não menos importante: se pudesse expor em um outdoor uma mensagem, qual seria?


“A vida está em suas mãos, é você quem escolhe se irá transformá-la em algo bom ou em algo ruim”.

Commentaires

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
bottom of page