Open site navigation

Kelly Key and Family

Kelly Key and Family

HANDRED X BRENNAND


Fotos @agfotosite / Divulgação HANDRED


O espaço em branco, quase sempre, é o início de tudo. Seja como tela para o primeiro rabisco de um croqui ou a primeira camada de esmalte na peça de cerâmica antes da queima. Esse é apenas um dos pontos de encontro do longo diálogo entre a Handred, marca do diretor criativo André Namitala, e a obra e legado de Francisco Brennand (1927-2019), frutos da primeira parceria da Oficina Brennand com uma marca. E é o branco que dá o tom do desfile que apresenta o último capítulo da coleção Handred X Brennand.



Brennand trabalhou formas e dimensões rompendo convenções da arte, com uso constante das cores, e é nisso que pensamos quando se faz referência à sua obra. Conhecida por trabalhar com grande apuro matérias-primas como seda, linho e jacquard, a Handred transporta as infinitas possibilidades da obra de Brennand para a superfície têxtil. As manualidades presentes em cada tecido formam a narrativa do desfile e reforçam a identidade da marca que se coloca, por essência, como um ateliê de moda, e o branco convida a olhar de perto os detalhes de cada peça, interpretações da obra de Brennand num suporte em que nunca foi vista.


Um bom exemplo disso são as peças em jacquard, em que o contraste das nuances entre o brilho e o opaco do tecido traz à tona leves desenhos dos cajus, formados pelo encontro orgânico de traçados, sem formato de estampas. A disrupção das formas, característica das obras de Brennand, é interpretada pela Handred no uso da seda, que explora diversas proporções. O material aparece com seu brilho em flores tridimensionais, que remetem às esculturas do artista, e dobrado em pregas, junto à textura rústica e irregular do shantung. Formas e volumes livres, nada perfeitos, como Brennand gostava de trabalhar.


O linho, tecido que tem presença permanente nas criações da Handred, recebe o desdobramento mais especial da parceria entre a marca e a Oficina Brennand: peças de cerâmica em escala reduzida, quase cirúrgica, criada pelos oleiros exclusivamente para a Handred. Elas formam bordados, mosaicos na pala das camisas e são usadas como botões em algumas peças, trazendo os únicos pontos de cor da coleção em seus desenhos de cajus esmaltados de diversas formas, folhas orgânicas e camafeus. Esferas de cerâmica também fazem composições com detalhes em madeira, textura natural muito presente no espaço da Oficina.


Como celebrar Francisco Brennand é celebrar a cultura de Pernambuco, ofícios manuais centenários surgidos lá também aparecem no linho, como o ponto Labirinto, em que o fio é desfiado e é o lápis do desenho, os Richelieus e a delicadeza do Boa Noite, que requer um trabalho minucioso numa espécie de dança com a trama. São esses detalhes singulares que fazem as peças da coleção carregarem e espalharem cultura e, para o olhar da Handred sobre Brennand ser levado a múltiplos lugares, as peças ligadas ao capítulo da coleção apresentado no desfile já estarão à venda no dia seguinte à apresentação.

A paleta explora as tantas nuances do branco, que é a união de todas as cores. Há momentos em que ele aparece amarelado; em outros, rosado, pigmentado pelo tom da argila; e além, quase transparente na sobreposição das camadas de organza.

A coleção Handred X Brennand é o eixo de um projeto criativo formado em torno da parceria da marca com a Oficina Brennand, que se desdobra para além da coleção e do desfile. Foi realizado também um curta-metragem documental sobre o processo criativo desse encontro, lançado no desfile, e uma publicação que registra ações da parceria. Essa união se fez presente em vários suportes criativos para celebrar o legado de Francisco Brennand e também a potência da cultura pernambucana e brasileira. Por isso, apenas outro grande personagem da nossa cultura poderia embalar o desfile: Lia de Itamaracá e sua ciranda trazem o ritmo circular dos encontros especiais e infinitos.

Assim como telas e cerâmicas em branco, o cabelo também pode ser um dos primeiros passos para uma jornada artística, seja ela expressada por cortes, colorações ou penteados. Para complementar o diálogo entre a Handred X Brennand, a Schwarzkopf Professional assinou a beleza dos fios no desfile, ao lado da beauty artist Carla Biriba.

Dentro do backstage, Carla pode encontrar produtos da linha OSIS e Silhouette, ambos da Schwarzkopf Professional, que realçam a beleza e o lado artístico de qualquer produção. Para o volume dos fios, foi utilizado o Osis Big Blast, gel volumizador de forte fixação, que levanta a raiz e encorpa os cabelos. Para os penteados mais fixados, o Silhouette proporciona fazer penteados bem precisos, no formato que você desejar. Para encorpar todos os fios, o Sealed Ends envelopa o cabelo suavemente, garantindo restauração e perfeição. Unindo a criatividade da hairstylist, Carla Biriba ao desempenho dos produtos da Schwarzkopf Professional, o resultado são penteados esculturais que conferem ainda mais originalidade à coleção.

SOBRE A SCHWARZKOPF PROFESSIONAL

A Schwarzkopf Professional é uma marca de beleza especializada em cabelos e que inova em seus produtos desde sua fundação, em Berlim, no ano de 1898, pelo químico Hans Schwarzkopf. Em 1903, criou seu primeiro produto, um shampoo em pó que era dissolvido em água. Em 1927 veio o primeiro shampoo líquido e, desde então, a marca não parou mais de crescer e inovar, passando a fazer parte do guarda-chuva da multinacional alemã Henkel, que detém marcas líderes em diferentes segmentos no mundo inteiro, em 1996. Hoje, a Schwarzkopf conta com linhas completas de cuidados para os cabelos comercializadas para profissionais em mais de 125 países, como IGORA Royal, Osis, Bonacure e Silhouette. A inovação anda lado a lado com a experimentação que busca um resultado único, e assim a Schwarzkopf se uniu a Handred, marca que reforça seu DNA autoral a cada coleção explorando inúmeras possibilidades criativas. Para mais informações, acesse @schwarzkopfbr.

FICHA TÉCNICA

Direção Criativa: André Namitala

Styling: Felipe Veloso

Beleza: Carla Biriba

Consultoria de Estilo, Processos Manuais e Estamparia: Lucia Koranyi

Direção de Arte: Quinta-feira

Trilha ao Vivo: Lia de Itamaracá

Produção Executiva: Luísa Pollo e Paula Cozendey

Comunicação: João Schiavo

Design: Juliana Carro

Assessoria: Agência Lema

Patrocínio: Schwarzkopf Professional

Atelier: Damiana Crisostomo, Delma Boone, Elvira Andrade, Elza Lima Silva, Gisele Carneiro, Josineide Ribeiro, Luciene Farias, Pedro Vinicius, Monica Teixeira, Rayza Cardoso, Silvia de Souza, Sonia Silva, Pedro da Costa, Maria Lucia Vito, Renata Rito, Carla Leitão, Lene Santana, Atelier Simone Brum e Gina Mara Bento de Oliveira, Vanessa Souza, Luana Peçanha, Thais Pinto, Fran Rodrigues, Rachel Carvalho, Vanessa Kappaun, Gil Brito, Pedro Perdigão, Tati Heidi, Terezinha, Claudio Omir.

Agradecimento: Renato Imbroisi

ALL RIGHTS RESERVED

© 2022 by HOOKS MAGAZINE INTERNATIONAL LTDA.  Revista Hooks