Open site navigation

Kelly Key and Family

Kelly Key and Family

O fast fashion vai acabar um dia?

O consumo consciente tem ganhado cada vez mais espaço em nossas vidas e nunca falamos tanto sobre o futuro da moda inserido neste cenário como nos últimos anos. Estamos a pequenos passos criando consciência sobre os impactos que o nosso consumo desenfreado pode causar e por este motivo, de vez em quando, surge a pergunta: O fast fashion vai acabar um dia?


Segundo um estudo feito no Reino Unido pela Samsung em colaboração com o Designer Patrick MCDowell em junho deste ano, 60% dos jovens entrevistados disseram que estão dispostos a largar de vez o fast fashion, preferindo optar por marcas mais conscientes e de slowfashion, a mesma pesquisa ainda aponta que 40% dos entrevistados usam menos de 1/3 do seu guarda roupa e que devido ao lockdown eles puderam enxergar isso, outros 39% disseram que preferem ser mais ecológicos do que fashionistas.


FONTE: https://news.samsung.com/uk/with-60-of-young-adults-keen-to-ditch-fast-fashion-here-are-the-top-trends-to-slow-down-your-style-habits


Quando nos questionamos se o fast fashion terá fim algum dia, devemos nos lembrar que um dos principais atrativos dele ainda é o preço baixo de seus produtos e por mais tentador que seja ver seu fim, ainda assim não seria a resposta para um futuro promissor da indústria da moda, na verdade precisamos falar de novos acordos dentro dessa potência mundial que gira bilhões, que emprega muita gente durante todo o ano... Para que o fast fashion deixe de existir é necessário criar mecanismos que assegurem diretos para os trabalhadores e dependentes desta indústria, assim eles terão ferramentas e instruções de como se reinventar com a construção desse novo cenário mais sustentável e com um ritmo de consumo mais responsável.



Também é necessário ver esse movimento acontecer principalmente com as marcas gigantes do mercado, que são responsáveis pela manutenção do fast fashion e por mais que algumas delas já demonstraram o interesse ou até mesmo já deu pequenos passos para essa mudança, ainda estamos longe de criar tal realidade, isso porque o fast fashion está ligado intríssicamente ao capitalismo e suas estruturas de consumo. Produzimos cerca de 150 milhões de peças de roupas por ano e pelo menos 40% de tudo isso que é feito acaba sendo descartado em menos de 12 meses.



Estamos de fato cada vez mais conscientes sobre nossos hábitos de consumo? Sim, mas o que fazemos com toda essa informação? Estamos apenas lendo e vendo vídeos ou estamos de fato sendo também agentes ativos para que essa mudança aconteça, o que você acha sobre isso?

ALL RIGHTS RESERVED

© 2022 by HOOKS MAGAZINE INTERNATIONAL LTDA.  Revista Hooks