Queer Fest: o festival da diversidade.

Continuando as comemorações do Mês do Orgulho, amanhã (20) acontece o Queer Fest, que tem como o objetivo celebrar a diversidade e os artistas queer. O festival será apresentado pela drag queen Tiffany Bradshaw e contará com a participação de Kika Boom, Enme, Siamese, DJs da festa VHS e o Bloco da Tereza.

O Queer Fest vai começar com uma mesa mediada pelo filósofo e artista queer Ali Prando, onde as cantoras vão debater o cenário musical LGBTQIA+.

Imagem de divulgação. Foto: Instagram oficial do festival.

“Estamos muito felizes de promover um festival que celebra a união, o respeito e o talento da comunidade LGBTQIA+. Nossa segunda edição, realizada no mês do Orgulho, foca na música, e é uma honra ter em nosso palco virtual artistes tão interessantes.”, declarou Gustavo Jreige, que idealizou o festival. Ele também afirmou que a organização do evento quis trazer o máximo de representatividade para o festival, e celebrar não só pessoas que já fazem sucesso, mas também artistas que merecem reconhecimento.

Conheça abaixo um pouco das artistas que irão se apresentar no festival.

Kika Boom


Kika Boom é uma drag queen de Goiânia. Cantora, compositora, DJ e performer, a artista começou a carreira postando covers e músicas originais no SoundCloud, ainda como Rafael. Nessa época ele já se montava, mas foi a partir de 2013 que começou a levar o trabalho de drag mais a sério. Nesse mesmo ano, mandou suas músicas para vários produtores, e acabou chamando a atenção de Rodrigo Gorky, produtor da Pabllo Vittar. Eventualmente, Kika Boom teve a oportunidade de compor para a própria Pabllo, e assim surgiram “Irregular” e “Miragem”. Além disso, a drag também já trabalhou com Rico Dalasam, Danny Bond, Kaya Conky, Lia Clark e Urias.


O primeiro show de “Kikadão Vol 1”, álbum de estreia da artista, está na programação do Queer Fest.