Queer Fest: o festival da diversidade.

Continuando as comemorações do Mês do Orgulho, amanhã (20) acontece o Queer Fest, que tem como o objetivo celebrar a diversidade e os artistas queer. O festival será apresentado pela drag queen Tiffany Bradshaw e contará com a participação de Kika Boom, Enme, Siamese, DJs da festa VHS e o Bloco da Tereza.

O Queer Fest vai começar com uma mesa mediada pelo filósofo e artista queer Ali Prando, onde as cantoras vão debater o cenário musical LGBTQIA+.

Imagem de divulgação. Foto: Instagram oficial do festival.

“Estamos muito felizes de promover um festival que celebra a união, o respeito e o talento da comunidade LGBTQIA+. Nossa segunda edição, realizada no mês do Orgulho, foca na música, e é uma honra ter em nosso palco virtual artistes tão interessantes.”, declarou Gustavo Jreige, que idealizou o festival. Ele também afirmou que a organização do evento quis trazer o máximo de representatividade para o festival, e celebrar não só pessoas que já fazem sucesso, mas também artistas que merecem reconhecimento.

Conheça abaixo um pouco das artistas que irão se apresentar no festival.

Kika Boom


Kika Boom é uma drag queen de Goiânia. Cantora, compositora, DJ e performer, a artista começou a carreira postando covers e músicas originais no SoundCloud, ainda como Rafael. Nessa época ele já se montava, mas foi a partir de 2013 que começou a levar o trabalho de drag mais a sério. Nesse mesmo ano, mandou suas músicas para vários produtores, e acabou chamando a atenção de Rodrigo Gorky, produtor da Pabllo Vittar. Eventualmente, Kika Boom teve a oportunidade de compor para a própria Pabllo, e assim surgiram “Irregular” e “Miragem”. Além disso, a drag também já trabalhou com Rico Dalasam, Danny Bond, Kaya Conky, Lia Clark e Urias.


O primeiro show de “Kikadão Vol 1”, álbum de estreia da artista, está na programação do Queer Fest.



Foto: Guilherme.

Siamese


De Andirá, norte do Paraná, Siamese é uma pessoa cantora e compositora queer não binária, que cursou Produção Cênica na UFPR e tem um bloco de carnaval chamado “Fogosa”, que tem como objetivo a visibilidade trans. Residente de Curitiba desde 2014, Siamese é uma pessoa bastante ativa na cena cultural da cidade e sempre luta por suas causas, conquistando muitos fãs que acreditam no seu trabalho.



Foto: Matheus Heitor Conrado.

Enme


Natural do Maranhão, Enme é uma cantora, compositora e rapper. A artista costuma misturar funk, trap, hip hop, e o afrobeat com os ritmos nordestinos. Em 2019 lançou seu primeiro EP. Intitulado “Pandú”, o projeto foi destaque na Vogue italiana por sua produção visual. Além disso, no mesmo ano foi premiada no Festival Sons da Rua em São Paulo. Em 2020 se apresentou para mais de 2 milhões de pessoas no carnaval de Recife e hoje tem mais de 18 milhões de seguidores no Instagram.



Foto: Daniel9d

O Queer Fest será totalmente on-line e gratuito e será transmitido pela plataforma Lounge a partir das 17 horas de domingo. Para participar do festival basta acessar o site www.queerfest.com.br

Não deixem de acompanhar os próximos posts! Abraço!

Vitor de Freitas

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
KatGrahamSite.png