Sucesso como modelo, Yasmin Martins Mendes fala de primeira protagonista nos cinemas



A Síndrome do Pânico, doença que assola milhares de pessoas, é a espinha dorsal do longa ‘Silencio’, que ganhou o primeiro trailer. O filme acompanha a personagem Sara, vivida por Yasmin Martins Mendes, que tem um roteiro que está sendo finalizado, mas ela é insegura com ele e constantemente faz alterações na busca de aprovação alheia.



- Ela tenta ignorar as sensações considerando que o trabalho ser mais importante do que sua saúde mental. A personagem sofreu traumas na infância e vive um relacionamento abusivo com Pedro (Lucas Tier). Isso tudo contribui seu frágil estado emocional – ressalta Yasmin.

Yasmin ressalta que para criar toda essa tensão que Sara sofre passou quase um ano em estudos intensos para entender as crises, chamadas de “ataques de pânico”, são marcadas por intensa sensação de perda de controle que causam muito medo e desespero, levando inclusive a sintomas físicos, como taquicardia e sufocamento.



- Para o desenvolvimento da Sara, foram cerca de oito meses de estudos intensos. Ela tem uma condição psicológica que faz muitas pessoas sofrerem em silêncio, conversei com psicólogos, com pessoas que têm síndrome do pânico, estudei o lado espiritual da síndrome e fiz uma busca para ter o máximo de informações sobre essa condição sorrateira – conta a atriz.


O filme, dirigido por Diego Esteve, além de Yasmin e Lucas, conta em seu elenco com Carolina Morena, Tiago Deam, Luzia Avellar e Rhavine Chrispim. Direção de fotografia de Airton Silva e trilha sonora fica por conta de FAEHL, irmão da protagonista.


As gravações se iniciaram no final de 2020, respeitando todos os protocolos de segurança sanitária da Organização Mundial da Saúde (OMS), na cidade do Rio de Janeiro. Durante a preparação dos personagens de Sara e Pedro, os atores Yasmin e Lucas, além do diretor Diego, chegaram a morar juntos.


Durante a preparação dos personagens de Sara e Pedro, os atores Yasmin, Lucas e o diretor Diego chegaram a morar juntos, quando as gravações começaram a imersão foi feita nas casas dos respectivos personagens.


Yasmin fala ainda em como o período de isolamento traz ainda mais tensão as cenas de ‘Silencio’.



- A pandemia nos trouxe para dentro, não só de nossas casas, mas dentro de nós mesmos. E esse encontro nos mostrou nossa realidade familiar e mental, trazendo à tona o que muitos sofrem dessa condição psicológica. Nos dias em que gravamos as cenas das crises, nem comer eu comia porque era tão intenso que vomitava. Todas as cenas eram exaustivas, havia uma falta de ar e trava muscular que não dá para explicar, talvez somente aqueles que infelizmente vivem isso consigam entender. Essa foi a forma que encontramos para falar sobre o assunto que é muito delicado e sério. Devemos ter a atenção, e o que mais me apaixonei no resultado do ‘Silencio’ foi a exposição, me sinto completamente nua – finaliza a atriz.



A previsão inicial de estreia de ‘Silencio’ é para dezembro, em breve o longa também começará a ser passado em festivais. O trailer oficial pode ser visto no https://www.youtube.com/watch?v=ED3a975VOQo.


Outras informações pelo https://www.instagram.com/silenciomovie/


Sobre Yasmin Martins Mendes:


A teresopolitana Yasmin Martins Mendes deu início à carreira de modelo com apenas 16 anos, em 2013, e surpreendeu com a sua rápida evolução profissional. Após passar por Itália, Estados Unidos, Espanha, França, entre outros países, trabalhando com marcas como Emílio Pucci, Havaianas, Maybelline, Sephora, L’oreal e Joico, ela volta ao Brasil focada na carreira de atriz, depois de concluir os estudos em artes cênicas e ter um começo promissor em produções no exterior.



- Comecei minha carreira como modelo aos 16 anos com o apoio da minha mãe, que me inscreveu no concurso Elite Model Look. Fiquei entre as 10 finalistas e assinei contrato com a agência Elite Rio. No ano seguinte, minha mãe me inscreveu em um novo concurso, dessa vez da agência Joy SP, e, quando apareci na primeira etapa, Sérgio Mattos e John Casablanca ficaram muito animados com o meu perfil. Assinei contrato com a agência deles, a 40 Graus Models, no mesmo dia e fui direto para a TV Globo fazer teste para a novela ‘Malhação’, quando fiquei entre as três primeiras colocadas. Na época, apareci em alguns jornais como a “aposta de John Casablanca”, que descobriu Gisele, Naomi e Cameron Diaz. Após esse primeiro momento, fui morar sozinha em São Paulo, onde iniciei de fato a minha carreira. Daí foi um pulo para viajar e trabalhar também na Itália, Nova York e Los Angeles. Recebi muitos nãos e alguns maravilhosos sins, como os da Emílio Pucci, Sephora, Maybelline e Havaianas. Viajei muito! É uma daquelas carreiras que você vive o trash e o glamour no mesmo dia – revela.



A transição para a carreira de atriz teve início em 2018, quando o consagrado diretor Michael Bay a escolheu para fazer uma participação especial no filme da Netflix ‘Six Underground’ (‘Esquadrão 6’, em português). A artista, que já havia feito algumas participações em novelas e seriados norte-americanos, viu ali um chamado para estudar atuação. Mudou-se para Los Angeles e lá foi convidada para interpretar a protagonista no aclamado curta-metragem ‘The Interpretation of Dreams’ (2020), do diretor norte-americano Ivan Francis Wilder, que ganhou prêmios nos festivais Independent Shorts Awards, Indie Short Fest e Oniros Film Awards, além de diversas indicações. Yasmin também é protagonista em outro curta-metragem, chamado ‘They R Here (THR)‘ (2020), onde faz uma mulher com transtornos mentais, em exibição nos festivais ‘Lift-off Global Network Sessions London’, ‘Lift-off film Festival’ e ‘Kalikari Film Festival’.


Ainda em Los Angeles, a modelo e atriz estava participando de seletivas para o canal HBO, porém, com o surgimento do surto pandêmico da Covid- 19, as produções foram paralisadas e Yasmin decidiu voltar para o Brasil para ficar com a família. Aqui, participou da novela “Gênesis”, da Record TV, e gravou o longa-metragem ‘Silencio’. A artista, que já acumula oito trabalhos como atriz em sua carreira, considera que ainda está se descobrindo e entende que ser artista no Brasil é bastante desafiador.



Em abril, Yasmin foi convidada pelo Academy Awards, o Oscar, para participar da 93ª edição do prêmio. Na ocasião ela entrevistou, de forma remota, os vencedores da cerimônia. As entrevistas foram transmitidas de forma online na Hulu TV, YouTube TV, AT&T TV e FUBOTV, além dos canais locais de cada país. Ela entrevistou nomes como Daniel Kaluuya (vencedor na categoria Melhor Ator Coadjuvante por ‘Judas e o Messias Negro’) e Chlóe Zhao (diretora de ‘Nomadland’), longa vencedor de três Oscar na noite, inclusive ‘Melhor Filme’.

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
KatGrahamSite.png